Postagens

O nome do blog "Vidasemvoltas" mudou para Japão Cultura e Turismo

Kawazu Nanadaru, as 7 cachoeiras de Kawazu

Imagem
Kawazu Nanadaru, ou 7 cachoeiras de Kawazu, é mais um daqueles impressionantes sítios que a natureza criou. Há cerca de 25 mil anos, o vulcão Noborio jorrou lavas, bloqueando um trecho do vale no Rio Kawazu. 
Mais tarde, a água caiu sobre a lava, criando cascatas e o resfriamento contraiu rochas, transformando em requintadas colunas - chamadas juntas colunares - em 6 cachoeiras, com exceção ao Ebidaru.
A caminho da cidade de Kawazu, assim que termina a sensacional ponte Nanadaru Loop Bridge - que liga duas montanhas - estão  7 cachoeiras em um vale do Rio Kawazu. O Centro de Informações Turísticas, bem como o estacionamento gratuito e restaurantes ficam próximos à trilha das cachoeiras Produtos diversos derivados da sua principal produçãp, wasabi, mikan e lembrancinhas podem ser encontrados antes da trilha que leva às cachoeiras. Uma trilha agradável ao lado das 7 cachoeiras: Oodaru, Kanidaru, Kamadaru, Ebidaru, Hebidaru, Deaidaru e Shokeidaru.

As 7 cachoeiras tem diferentes formas e é refre…

Kawazu, Shizuoka, e as precoces cerejeiras Kawazuzakura

Imagem
Kawazu, pronunciado como Kawadzu, é uma cidade localizada na Península de Izu, em Shizuoka.
A Península de Izu é um local extremamente agradável. A região montanhosa, conta com os mais famosos resort do Japão, belas praias e muitas coisas diferentes da área central do arquipélagp. 
Em Kawazu existem as famosas 7 cachoeiras, chamada Nanadaru.
Famosa também por ter sido cenário do romance "Izu no odoriko", ou "Dançarinas de Izu", em que o autor Kawabata Yasunari levou o Prêmio Nobel de Literatura.
Quem for a Kawazu virá muitas estátuas como da foto abaixo e o uso de denominações "Odoriko". Os trens expressos limitados de Tóquio para a Península de Izu e param em Kawazu, passaram a ser chamados Odoriko, após o romance.
A produção local que move a economia é o wasabi, um tempero da culinária japonesa. 
Existem muitos produtos à base de wasabi como sorvetes, por exemplo. Mikan, uma espécie de tangerina japonesa, também muito produzida em Kawazu.
Na área turística, é f…

Festival Chinowa Kuguri de Shiroyama Hachimangu, Nagoya

Imagem
Julho e agosto são os meses de festivais em santuários.
A maioria deles incluem rituais de purificação, lanternas, músicas e danças folclóricas. 
Realizando um só festival, também para celebrar o Obon - Finados japonês - os rituais de purificação se misturam aos cultos aos antepassados.
Em Nagoya, o recomendado festival é denominado Chinowa Kuguri no Shiroyama Hachimangu, com diversos rituais de purificação, Kagura (ritual de oferenda aos deuses) e bon odori.
Neste ano de 2017 serão 3 dias, devido ao feriado do Dia do Mar na segunda-feira, portanto de 15 a 17 de julho. No dia 17, segunda-feira, o festival termina às 20h.
Shiroyama Hachimangu tem uma história antiga envolvendo os feudais. O espaço já foi o Castelo onde viveram os Oda. Tratarei do assunto na próxima postagem, contando todos os detalhes do santuário, que é dedicado aos relacionamentos amorosos.
Neste festival, o santuário é todo decorado com lanternas. Abaixo, corredor com as lanternas acesas.
Existem muitas barracas, cujos prod…