O nome do blog "Vidasemvoltas" mudou para Japão Cultura e Turismo

Nagasaki, a cidade das colinas

Mar azul e lindas paisagens cercam Nagasaki.
Nagasaki parece não ter o glamour das grandes capitais, ao chegar na estação central, como da região de Kansai por exemplo, mas é rica, muito rica em histórias e cultura. 

Nagasaki é muito conhecida como sendo a cidade das colinas e é fácil de perceber assim que se chega à cidade, bem como a mistura das culturas oriental e ocidental.


Em toda sua extensão guarda muitas histórias tristes como o bombardeio de 1945 e também, lá atrás, quando séculos atrás viveu conflitos religiosos.
Guarda consigo em suas ilhas e nas ruas da capital, as arquiteturas holandesa e pontos turísticos com influência chinesa.
Nagasaki não tinha significância até o contato com portugueses e holandeses. 
A história começa por volta dos anos 1500; os primeiros portugueses desembarcaram no Japão em 1541.
Foi o único porto aberto ao comércio internacional nos séculos 17 e 19; China e Holanda foram os parceiros comerciais nesses períodos. 
Foi palco de tristes histórias relacionadas ao catolicismo, com repressões, martírios e, séculos depois, sofreu um ataque nuclear. Hoje, seu povo só deseja paz!
Após a modernização, muitas indústrias ali se firmaram.
Famosos pontos turísticos estão em Nagasaki, de uma ponta à outra e em suas 55 ilhas.
Muitos sítios incluídos como Patrimônio Mundial da UNESCO de Nagasaki referem-se ao cristianismo, como as Ruínas do Castelo de Hara, Oura Catedral - Basílica dos 26 Mártires), históricas igrejas das Ilhas Hirado e Goto e os locais onde os kakure kiristan - cristãos ocultos - se esconderam.
O prato popular típico de Nagasaki é o chanpon, de origem chinesa. Chanpon é uma espécie de sopa cremosa, feita com macarrão, legumes, carne e frutos do mar, ingredientes facilmente encontrados em Nagasaki. 
Foi criado por um imigrante chinês que queria oferecer pratos baratos a estudantes compatriotas, por volta do ano 1900.
Nagasaki é acessível de de ônibus, trem, avião. Quem prefere um meio rápido, algumas empresas de avião promovem vôos em torno de quase 5 mil ienes. 
É acessível de shinkansen. Existem inúmeros pequenos cruzeiros realizados à beira-mar, bem como para as igrejas localizadas nas 55 ilhas em torno da cidade.
Na estação de Nagasaki, a JR serve algumas regiões, a maioria delas deve ser completada por ônibus.
Locomover-se dentro de Nagasaki, para os pontos turísticos populares saem em conta se usar bonde. O valor é único, 120 ienes. Sobre o uso do bonde, veja a próxima postagem.
Ainda contarei sobre alguns pontos históricos turísticos desta bela cidade.

Quer saber mais sobre o Japão?
Curta a fanpage. Inscreva-se também no Canal do YouTube. Estamos também no Twitter e no Instagram.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lenda japonesa: A Tecelã de Nuvens

Ameixeira, cerejeira, pessegueiro, quais são as diferenças entre essas flores?

Onde doar roupas usadas no Japão

Lenda urbana do Japão: garrafas pet com água repelem gatos

Dino Adventure, o Parque de Dinossauros de Nagoya

Yakudoshi, as idades consideradas perigosas no Japão

A arte contada em arte, por Lucille Kanzawa

Shichifukujin, os 7 deuses da sorte do Japão

Guarda-chuvas da amizade, o empréstimo gratuito de guarda-chuvas no Japão

Ilha de Takeshima, em Gamagori, Aichi