O nome do blog "Vidasemvoltas" mudou para Japão Cultura e Turismo

Kifune Jinja, Kibune, Kyoto

As belas lanternas vermelhas nos degraus da escadaria que levam ao santuário, tornaram Kifune Jinja um dos mais famosos de Kyoto.
Embora distante da área central de Kyoto, tem localização privilegiada, em uma área montanhosa, ao norte. Um vale cercado pela explêndida paisagem, rica em natureza e tradição.



O bosque de enormes e antigos cedros e as cachoeiras que se formam ao longo do Rio Kibune, que abriga os famosos Kawadoko, é também área de refúgio dos moradores de Kyoto e muito visitado no outono, quando as folhas se transformam.


Todos os prédios são atraentes, porém é o cenário que atrai turistas de todo o mundo que visitam Kyoto. 
O conjunto da natureza, os restaurantes Kawadoko fazem a mágica local.
O santuário é mais antigo que a própria Kyoto, tendo sido fundado há 1600 anos.
O nome Kifune deve-se a uma lenda. Dizem que uma deusa parou com um barco amarelo onde é hoje o santuário Kifune. Por isso, tanto o santuário, quanto o rio foram nomeados de Kifune, pois Ki significa amarelo e Fune significa barco.
As placa ema tem desenhos de folhas para enaltecer a natureza.O santuário consagra divindades da água. Oram pela fonte de água, para impedir que fortes chuvas causem enchentes e pelas chuvas nos períodos de seca.
A água da fonte sagrada flui das paredes de pedra.
Os omikuji, papéis da sorte, devem ser mergulhados na água para que os escritos apareçam.
De abril a setembro, os restaurantes das imediações constroem plataformas sobre o rio, acrescentando ao local a beleza e requinte da tradição. 
O santuário realiza diversos festivais famosos no decorrer do ano.
Na época do Tanabata, o santuário fica todo decorado com tanzaku (tiras de papel onde se escrevem pedidos), com iluminação noturna.
Qualquer um pode adquirir esses papéis coloridos - onde cada cor tem significado - e depositar o dinheiro na caixinha ao lado.
O festival Tanabata não se resume ao santuário. Os trens que saem em direção às proximidades do santuário comemoram o festival.

A estação Kibueguchi, além de estar localizado no meio de uma paisagem fantástica, também é todo decorado com o tema.
Endereço: 〒601-1112 京都府京都市左京区鞍馬貴船町180
Kyōto-fu Kyōto-shi Sakyō-ku Kuramakibune-chō 180
Você pode chegar até lá utilizando 3 linhas de ônibus, fazendo baldeações. 
De trem, a partir da estação Demachiyanagi, através da linha Eizan Line, em direção a Kurama, plataforma 3, até a estação Kibuneguchi.
Em Kibuneguchi, pegue o ônibus, que sai da estação até bem próximo ao Kifune Jinja.

Além do Kifune Jinja, há uma trilha que leva até ao templo Kurama, com uma taxa de 300 ienes. O trajeto leva cerca de uma hora.



Acompanhe-nos seguindo a fanpage e também pelo Canal do YouTube. Estamos também no Twitter e no Instagram.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lenda japonesa: A Tecelã de Nuvens

Onde doar roupas usadas no Japão

Ameixeira, cerejeira, pessegueiro, quais são as diferenças entre essas flores?

Lenda urbana do Japão: garrafas pet com água repelem gatos

Dino Adventure, o Parque de Dinossauros de Nagoya

Yakudoshi, as idades consideradas perigosas no Japão

A arte contada em arte, por Lucille Kanzawa

Shichifukujin, os 7 deuses da sorte do Japão

Guarda-chuvas da amizade, o empréstimo gratuito de guarda-chuvas no Japão

Ilha de Takeshima, em Gamagori, Aichi