O nome do blog "Vidasemvoltas" mudou para Japão Cultura e Turismo

Homenagem aos emigrantes japoneses no Parque Meriken, Porto de Kobe

Foi deste porto que, em 1908, 781 famílias partiram rumo ao desconhecido.
Aqui, muitas lembranças são mantidas, pois não pararam nesse número, milhares fizeram essa rota.
O porto já não é mais o mesmo, passou por diversas transformações e foi reconstruído após o terremoto que atingiu a cidade em 1995.
Na área refrescante do parque, num bonito jardim em que famílias frequentam para descansar, sentir a brisa do mar, hoje calma e bela, a merecida homenagem.
Um monumento bonito, construído em 2001, chamado Kōbekō Imin-sen Jōsen Kinenhi, Kobe Port Immigration Board Passenger Memorial, Memorial do Embarque do Navio de Imigrantes do Porto de Kobe, que retrata a coragem e esperança daqueles que tomaram novos rumos.
A estátua de bronze se chama 希望の船出, Kibō no funade, Vela da Esperança.
Em inglês, espanhol e português: Estátua em Homenagem aos Emigrantes do Porto de Kobe.
A placa abaixo cita as emigrações desde 1868, a primeira para o Havaí, 153 pessoas. Em 1869 foi a primeira emigração norte-americana e, entre outras, a primeira emigração para o Peru, em 1899, cerca de 790 pessoas.
"De Kobe para o Mundo"
Merecida homenagem aos que emigraram para o Brasil, em um tempo muito difícil: eram necessários quase 2 meses de viagem de navio e, principalmente, na comunicação em todos os sentidos, desde o idioma até manter contato com seus parentes no Japão. A maioria não retornou e muitos não tiveram mais nenhum contato com seus parentes no Japão.
Assim como muitos não chegaram a tomar conhecimento desta homenagem.


Esta terra é minha última morada
Vou ficar aqui
Assim eu decidi
  Haiku (haicai) de Bokumin


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Onde doar roupas usadas no Japão

Lenda japonesa: A Tecelã de Nuvens

Ameixeira, cerejeira, pessegueiro, quais são as diferenças entre essas flores?

Lenda urbana do Japão: garrafas pet com água repelem gatos

Dino Adventure, o Parque de Dinossauros de Nagoya

Yakudoshi, as idades consideradas perigosas no Japão

A arte contada em arte, por Lucille Kanzawa

Shichifukujin, os 7 deuses da sorte do Japão

Guarda-chuvas da amizade, o empréstimo gratuito de guarda-chuvas no Japão

Ilha de Takeshima, em Gamagori, Aichi