O nome do blog "Vidasemvoltas" mudou para Japão Cultura e Turismo

Nagaoka Tenmangu, Kyoto

Nagaoka Tenmangu é um santuário localizado em Nagaokakyo, Kyoto.
Conhecido popularmente como Nagaoka Tenjin, Mikaeri Tenjin ou Tenjinsan, o santuário é dedicado a um estudioso, que se destacava na poesia e na política na era Heian (794-1185), Sugawara Michizane. 
Este foi o último lugar que Sugawara Michizane ficou em Kyoto, depois de ser traído politicamente e exilado.
Foi a partir de um poema de Sugawara como 我が魂長くこの地にとどまるべし」que significa "Minha alma deve permanecer neste lugar por muito tempo", que o santuário foi fundado.
Sugawara Michizane morreu a caminho de Dazaifu, Kyushu.
Devido à dedicação, o santuário é procurado pelos estudantes e candidatos a empregos.
O ambiente calmo e pacífico da floresta pitoresca, lagoa e os campos de flores que desabrocham durante toda a primavera, como as cerejeiras, azaleias e hortênsias, refletem a paixão de Michizane por este lugar e do seu adeus que deu origem ao santuário.
Muita sombra, área para um descanso ou lanche, antes de chegar ao santuário principal, que fica ao longo de uma escadaria.

O santuário ocupa um vasto espaço. 
Compostos de pequenos ou  "santuário interior"
Este edifício é o salão principal, consagrado ao deus da aprendizagem Sugawara Michizane.
Existem diversas estátuas de touro na área do Santuário Principal. 
Segundo a crença, quem tocar a cabeça do touro da estátua de bronze e na sua, ficará mais sábio.
Hachijo é um enorme lago artificial, que fica no lado leste.
Criado em 1638, o lago é um reservatório de irrigação, com capacidade para armazenas 35 mil toneladas  e foi construído pelas ordens dos senhores da época.
Sobre o lago, a ponte Mizukami, tão bonita quanto serve para apreciar a beleza da área.
Kinsuiitei é o nome deste conjunto de palafitas. 
São restaurantes tradicionais sobre o lago, famosos pelo takenoko, brotos de bambu, produzidos no santuário e servidos em receitas próprias.
Lindo a cada estação do ano, Nagaoka Tenmangu é famoso pelas azaléias Kirishima que tem uma história de 130 anos. 
Todo o santuário é cercado pelas azaléias, que são uma espécie protegida pela cidade.
No final de abril, quando desabrocham, atrai milhares de visitantes todos os dias.
Quase que simultaneamente, as glicínias enfeitam o percurso do Kinsuiitei, a área dos restaurantes tradicionais.

Endereço: 京都府長岡京市天神2丁目15−13
Kyōto-fu Nagaokakyō-shi Tenjin 2-chōme 15−13



Mais novidades sobre o Japão, curta a >>> fanpage.
Alguns eventos no Canal >>> YouTube.
Siga-nos também no Instagram e no Twitter.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Lenda japonesa: A Tecelã de Nuvens

Onde doar roupas usadas no Japão

Ameixeira, cerejeira, pessegueiro, quais são as diferenças entre essas flores?

Lenda urbana do Japão: garrafas pet com água repelem gatos

Dino Adventure, o Parque de Dinossauros de Nagoya

Yakudoshi, as idades consideradas perigosas no Japão

A arte contada em arte, por Lucille Kanzawa

Shichifukujin, os 7 deuses da sorte do Japão

Guarda-chuvas da amizade, o empréstimo gratuito de guarda-chuvas no Japão

Ilha de Takeshima, em Gamagori, Aichi