Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2013

Jinrikisha, os carrinhos puxados pelo homem, no Japão

Imagem
Exótico, cultural, turístico, divertido, experiência única: passeio de jinrikisha!

Jinrikisha, fonética "dinriquixá" (ri, de caRInho),  rickshaw em inglês, ou simplificando, riquixá.
Traduzindo jinrikisha, jin=pessoa;  riki=poder, força;  sha=carro, significa veículo puxado pelo homem.
Existem muitos jinrikisha circulando em Tóquio
Até pouco tempo os jinrikisha eram encontrados somente em Asakusa, em Tóquio e em famosos locais turísticos japoneses como Quioto, Hokkaido, Hiroshima, Fukuoka, Nara, entre outros. Hoje eles estão em todos os pontos turísticos, além de eventos. Muitos países asiáticos oferecem esta opção de transporte e lazer. Jovens (homens e algumas mulheres também) fortes e de boa aparência, carismáticos, trajes alternativos, muitos deles falando idioma inglês, são verdadeiros guias que conduzem a diversos pontos turísticos. Asakusa, privilegiada pelas proximidades das margens do Rio Sumida, Tokyo Sky Tree, diversos templos e locais históricos abriga vários pontos …

Tennō Heika, banzai! Vossa Majestade, o Imperador!

Imagem
Dia de sol lindo! Frio, mas sem vento, no dia 02 de janeiro, portanto suportável!
Nenhum tremor sentido no início do ano, perfeito!

Hanabi (queima de fogos) com amigos queridos que conhecia e tinha acabado de conhecer, na virada em Yokohama.
Comecei muito bem o ano.
Assim como os japoneses, fiz a primeira visita ao templo no primeiro dia (Hatsumode) e mais: assisti a saudação de Ano Novo que o Imperador Akihito faz todos os anos no Palácio Imperial, ao público.

Com algumas informações como linhas de trem, horários da apresentação, levantamos cedo - imaginando já uma fila quilométrica e algumas horas de espera.
Fui com o pensamento de ficar horas e esperar por outras aparições de Vossa Majestade, até registrar bons momentos e imagens.
A rua estava vazia, já se percebia a organização. A área do Palácio Imperial é enorme, então tínhamos que chegar ao local certo da entrada, sem perder tempo.
Algumas pessoas chegavam no mesmo momento, pouco antes das 9 e já sabíamos que a fila estaria enor…

Tradições do Novo Ano, o hatsumode em Sensoji, Tokyo, Japão

Imagem
Antes desta primeira postagem do ano, saúdo para que tenham tido boas entradas, expressando meus sinceros desejos de que 2013 traga muita paz e alegria a todos.

Como não pude fazê-lo como sendo a última do ano que passou, ausente da net pela rápida viagem que fiz a Tóquio - e que postarei gradativamente - deixo agora minha mensagem de Ano Novo:
Na postagem anterior, comentei sobre as culturas do pré ano novo japonês. Nesta, comentarei um pouco das tradições da virada do ano e os hábitos dos primeiros dias do ano.

. Virada do ano
 Na virada do ano, através da tradição e religiosidade, os japoneses tem o hábito de ir aos templos para fazer o culto das 108 badaladas.
Os badalos simbolizam os pecados humanos, na crença budista. Acreditam que o toque dos sinos pode livrar os pecados do ano anterior.

Quem fica em casa, pode assistir Kohaku-Utagassen pela TV.
Show e luxo no campeonato de música - que tem participação de artistas populares - "Festival da Canção Vermelho e Branco" - …