O nome do blog "Vidasemvoltas" mudou para Japão Cultura e Turismo

Kawazu, Shizuoka, e as precoces cerejeiras Kawazuzakura

Kawazu, pronunciado como Kawadzu, é uma cidade localizada na Península de Izu, em Shizuoka.
A Península de Izu é um local extremamente agradável. A região montanhosa, conta com os mais famosos resort do Japão, belas praias e muitas coisas diferentes da área central do arquipélagp. 
Em Kawazu existem as famosas 7 cachoeiras, chamada Nanadaru.
Famosa também por ter sido cenário do romance "Izu no odoriko", ou "Dançarinas de Izu", em que o autor Kawabata Yasunari levou o Prêmio Nobel de Literatura.
Quem for a Kawazu virá muitas estátuas como da foto abaixo e o uso de denominações "Odoriko". Os trens expressos limitados de Tóquio para a Península de Izu e param em Kawazu, passaram a ser chamados Odoriko, após o romance.
A produção local que move a economia é o wasabi, um tempero da culinária japonesa. 
Existem muitos produtos à base de wasabi como sorvetes, por exemplo.
Mikan, uma espécie de tangerina japonesa, também muito produzida em Kawazu.
Na área turística, é famosa pelas cerejeiras que levam o mesmo nome e florescem antes da variedade somei yoshino, atraindo turistas japoneses e internacionais. 
Quem estiver visitando o Japão neste período e não poderá apreciar a variedade popular somei yoshino, não deixe de visitar Kawazu e suas cerejeiras precoces.
8.000 pés de cerejeiras estão plantados ao longo do rio Kawazu, em cerca de 4 km, juntamente com nanohana. 
Enquanto caminha durante um longo tempo às sombras das kawazuzakura, poderá desfrutar das comidas das barracas gastronômicas ali dispostas, comprar wasabi, verduras, legumes, mikan, entre outros produtos locais, além de lembrancinhas.

À noite, apenas uma parte, início e fim, na área das pontes Yakatabashi e Hosenbashi (atrás do Onsen Odoriko Kaikan), recebem iluminação que os japoneses chamam "light up", das 18h às 21h.


A atração principal da variedade Kawazuzakura fica no centro de Kawazu, imagem abaixo, a primeira árvore da variedade a ser descoberta na cidade.
A árvore original tem mais de 60 anos. Suas flores tem longa duração, provavelmente devido à idade e consequentemente pelo tronco, que tem quase 4 m de circunferência. Esta árvore tem quase 10m de altura.
O festival tem duração de 1 mês, normalmente o início coincide com a floração. Porém, as flores duram 2 semanas, período também pouco maior que as somei yoshino.

Cerejereiras Kawazuzakura

As flores da variedade kawazuzakura são um pouco maiores que as conhecidas somei yoshino e o tom rosa mais forte.
A variedade leva o nome da cidade, pois a primeira árvore foi descoberta em Kawazu, em 1950. Mais tarde, foram plantadas ao longo do rio Kawazu, espalhando-se pela cidade e até nas regiões próximas.
Kawazuzakura podem ser vistas pouco antes de chegar em Kawazu.
A variedade foi um acasalamento natural entre as variedades Kan-hizakura - rústica, tom de rosa forte, originária de Okinawa -  e Ooshimazakura (foto abaixo) - tom de rosa bem claro, quase branca e floresce quando a variedade somei yoshino começa a cair.
Além das cerejeiras, outras flores podem ser vistas em Kawazu Bagatelle Park, coirmã do parque Bagatelle de Paris.

Mais novidades sobre o Japão, curta a >>> fanpage.
Alguns eventos no Canal >>> YouTube.
Siga-nos também no Instagram e no Twitter.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Onde doar roupas usadas no Japão

Ameixeira, cerejeira, pessegueiro, quais são as diferenças entre essas flores?

Dino Adventure, o Parque de Dinossauros de Nagoya

Lenda japonesa: A Tecelã de Nuvens

Yakudoshi, as idades consideradas perigosas no Japão

Lenda urbana do Japão: garrafas pet com água repelem gatos

A arte contada em arte, por Lucille Kanzawa

Shichifukujin, os 7 deuses da sorte do Japão

Guarda-chuvas da amizade, o empréstimo gratuito de guarda-chuvas no Japão

Ilha de Takeshima, em Gamagori, Aichi