Última postagem

Vestígios da era Edo em Nagoya II: Caminho Cultural de Shirakabe e Chikara

Haverá sempre um espaço tradicional em qualquer cidade japonesa, por mais urbanizada que seja, incorporando o antigo ao novo, sempre de formar a harmonizar-se com o ambiente.
O vestígio da era Edo, desta postagem, está localizado em área nobre de Nagoya. 
No Caminho Cultural de Shirakabe e Chikara estão antigas residências em estilos tradicionais, misturando-se aos semi-ocidentais, que foram construídas através da Restauração Meiji . 

Outrora ocupados pela classe intermediária do clã Owari - shogunato Tokugawa - restam muitas construções tradicionais preservadas, que a administração da cidade de Nagoya designou, em 28 de maio de 1985, como sítio histórico. 

Como em qualquer lugar do mundo, casas simples em meio às mansões.
Muitas casas transformaram-se em requintados restaurantes e cafés.

Ruas tranquilas, cafés, restaurantes, construções antigas, levam turistas curiosos pela cultura - que divide o tradicional ao urbano - ao luxuoso bairro de Nagoya. 












Shirakabe, Chikara e Shumoku Machi, foram planejadas e construídas no início do século 17. Os vassalos da classe média governante, Tokugawa, viveram na área no período Edo.


Após a Restauração Meiji, os comerciantes e membros da classe alta mudaram-se para esta área, construindo mansões no estilo ocidental.
Esta casa é um museu, denominado Futaba, uma das maiores atrações do Caminho Cultural. Esta casa foi da primeira atriz do Japão, Sadayakko Kawakami e do industrial Momosuke Fukuzawa, considerado rei da energia elétrica. Apesar do estilo ocidental, os quartos são tradicionais, resultado da fusão cultural da era Taisho.
Muitas casas conservadas pertenceram aos ricos e poderosos das eras Meiji e Taisho, incluindo artistas, comerciantes, banqueiros e escritores. 

Casa de Sasuke Toyoda, o irmão mais novo de Sakichi, o fundador da Toyota, fabricante de automóveis.
Sakichi Toyoda, fundador da Toyota, bem como o irmão Risaburo, moraram na área, no entanto, a única casa intacta é a de Sasuke Toyoda.

Algumas construções novas aparecem por trás, preservando o estilo tradicional, como é o caso desta igreja, aparentemente cristã, exclusivamente para realizar cerimônias de casamento, em estilos tradicionais ou ocidentais.
Construção da igreja em estilo ocidental, preservando o período através da fachada lateral.

Esta sim, é uma Igreja Católica, em Chikara Shimokumachi, que foi construída modificando uma mansão de 1887, que pertenceu a um samurai.
Chikaramachi Katorikku Kyōkai, ou Chikaramachi Catholic Church, foi construída em 1904, por Shusai Inoue, a primeira pessoa a  divulgar o cristianismo na região de Aichi e Gifu. Foi reformada em 1985.
A primeira Igreja Católica de Nagoya tem significativa importância na evangelização, nas províncias de Aichi e Gifu.
Hori Art Museum exibe as artes em estilos tradicionais, ocidentais e do século 20 de artistas japoneses.
Abaixo, um templo.
Bunka no Michi, ou Caminho Cultural de Nagoya, compreende trechos entre Chikara e Shirakabe.
Endereço do Museu Futaba: 461-0014名古屋市東区橦木町3-23

Nagoya-shi Higashi-ku Shumokumachi 3 - 23
Mapa da área de Chikara.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Onde doar roupas usadas no Japão

Dino Adventure, o Parque de Dinossauros de Nagoya

Ameixeira, cerejeira, pessegueiro, quais são as diferenças entre essas flores?

Yakudoshi, as idades consideradas perigosas no Japão

Lenda japonesa: A Tecelã de Nuvens

Shichifukujin, os 7 deuses da sorte do Japão

Ilha de Takeshima, em Gamagori, Aichi

Lenda urbana do Japão: garrafas pet com água repelem gatos

Guarda-chuvas da amizade, o empréstimo gratuito de guarda-chuvas no Japão

Festival de Tulipas de Nabana No Sato, Nagashima, Mie