Última postagem

Kagura, ritual xintoísta sacro artístico de oferenda aos deuses

No palco sagrado de Ise Jingu Naiku, na primavera e no outono, durante 3 dias, 2 vezes ao dia, o santuário apresenta, ao público, um dos rituais mais bonitos da cultura xintoísta: kagura.
No Ise Jingu Geku, o kagura é realizado somente uma vez ao dia, pela manhã.

Kagura é um ritual xintoísta em que o kami (deuses) é adorado com música - ao som de flauta e tambores - e dança, expressando desejo de paz.
No Kagura, Bugaku - dança tradicional das elites, com origens na China, Coreia e India - e Gagaku - antiga música com origem indígena - são apresentados como oferenda aos deuses. 
A história do Kagura é milenar - mais antiga que a de Noh -  a dança sagrada era realizada na Corte Imperial, foi adaptada em várias outras tradições folclóricas e, com a evolução, é hoje uma tradição viva, percorrendo os principais santuários do arquipélago.
Em geral, são realizados em santuários com Kaguraden - conhecido também como kanza - lugar onde os deuses habitam. Kaguraden são santuários internos, onde são realizados os rituais de oferendas através de danças sagradas aos deuses. Geralmente são espaços quadrados e sem paredes, semelhantes a um palco. Alguns mantém o kaguraden como um espaço fechado para cerimônias privadas e outro aberto, para apresentações ao público.
Cada santuário realiza o Kagura de formas e denominações um pouco diferenciadas. 

Para mostrar melhor um pouco do ritual Kagura, algumas imagens do Festival de Primavera do santuário Ise Naiku, da cidade de Ise, em Mie.
O ritual não se restringe ao palco. Desde a saída do santuário interno o ritual é cumprido, caminhando compassadamente.















Nos santuários Ise Naiku e Gekku, o Festival Kagura, aberto ao público, acontece na primavera, no final do mês de abril e no outono, no final do mês de setembro.
Na primavera, as sacerdotisas usam vestes na cor verde. No outono, elas se vestem na cor laranja.
Diversos santuários, como o Meiji Jingu, também realizam esta oferenda aos deuses em forma de música sacra e dança.

Mais novidades sobre o Japão, curta a >>> fanpage.
Alguns eventos no Canal >>> YouTube.
Siga-nos também no Instagram e no Twitter.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Onde doar roupas usadas no Japão

Dino Adventure, o Parque de Dinossauros de Nagoya

Ameixeira, cerejeira, pessegueiro, quais são as diferenças entre essas flores?

Yakudoshi, as idades consideradas perigosas no Japão

Shichifukujin, os 7 deuses da sorte do Japão

Lenda japonesa: A Tecelã de Nuvens

Ilha de Takeshima, em Gamagori, Aichi

Lenda urbana do Japão: garrafas pet com água repelem gatos

Guarda-chuvas da amizade, o empréstimo gratuito de guarda-chuvas no Japão

Festival de Tulipas de Nabana No Sato, Nagashima, Mie