O nome do blog "Vidasemvoltas" mudou para Japão Cultura e Turismo

Da série Trocadilhos, 22 de fevereiro é o Dia do Gato no Japão

Assim como o dia do tofu (to=10 +fu=2), que é todo dia 12 de cada mês; dia do casal, no dia 22 de novembro, e entre tantos outros, o dia do gato também é um deles.
Através do trocadilho (2) (2) Nyan Nyan (2) Nyan, onde "ni" é igual ao número 2, foi escolhida no ano de 1987, pela Pet Food Manufactures Association do Japão, a data 2/22 como o dia do gato.
O Japão é uma verdadeira potência de cães e gatos. Muitos amigos meus, inclusive eu - que moram em apartamento - preferem os gatos, até pelo tamanho dos imóveis. Além disso, acho que a manutenção e os cuidados são mais fáceis. 
Muito higiênicos, é da sua própria natureza enterrarem suas necessidades fisiológicas e realizar a auto-limpeza higiênica. 
Desde que mantenha a vacinação em dia, constante visita ao veterinário, não vejo nenhuma ameaça à saúde, muito pelo contrário, faz muito bem à cabeça e ao coração.
Esses pequenos animais são membros da família.
Para se ter uma idéia da importância desse bichano amigo, um dos famosos amuletos do Japão é representado por um gato que, aparentemente, está acenando: o manekineko.
Dizem que a pata direita levantada significa felicidade e a esquerda, riqueza. Os significados tem mudado com o tempo e onde o amuleto é usado, no caso de estabelecimentos comerciais.
Veja esta e outras imagens do Manekineko em Gotokuji Temple, aqui
Veja mais imagens ampliadas, via Roberto Maxwell
Direitos reservados, se copiar, cite a fonte. Fotos de Roberto Maxwell

A origem do Manekineko deu-se em Gotokuji Temple, que fica em Setagaya, Tóquio, um famoso templo budista, que abriga inúmeras imagens do gato.

Uma das lendas é a de um sacerdote que foi atingido pela pobreza. Entrou em desespero, questionando por que ele estava compartilhando o pouco de comida que tinha com seu gato. Certa noite, ele foi para a cama preocupado com o que pesava sobre ele. O sacerdote fora para a entrada do templo e começou a se lavar. Um senhor rico se abrigou da chuva debaixo de uma árvore no templo, viu o gato, achando que estava acenando para ele. Intrigado, ele caminhou em direção à porta do templo para investigar. Assim que se levantou, a árvore em que se abrigava foi atingido por um raio. O senhor ficou tão agradecido ao gato por ter salvo sua vida, que ele presenteou o sacerdote e templo, tornando-se assim bastante próspero. Quando o gato morreu, foi enterrado no templo e a figura de Manekineko foi feita em sua homenagem.
Existe, inclusive, o Museu de Arte Manekineko que, no dia do gato, abre as portas para visitas gratuitamente somente nesta data.
Mas não é só no Museu que as comemorações acontecem.

Um série de eventos e campanhas são realizados no arquipélago, além de atividades educativas sobre o gato.
Séries de televisão foram produzidas pelo Animal Planet japonês.

Feliz dia, gatinhos!

Acompanhe as novidades sobre o Japão, curtindo a >>> fanpage.

Veja alguns eventos, inscrevendo-se no Canal >>> YouTube.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Onde doar roupas usadas no Japão

Ameixeira, cerejeira, pessegueiro, quais são as diferenças entre essas flores?

Dino Adventure, o Parque de Dinossauros de Nagoya

Yakudoshi, as idades consideradas perigosas no Japão

Lenda japonesa: A Tecelã de Nuvens

A arte contada em arte, por Lucille Kanzawa

Shichifukujin, os 7 deuses da sorte do Japão

Guarda-chuvas da amizade, o empréstimo gratuito de guarda-chuvas no Japão

Ilha de Takeshima, em Gamagori, Aichi

Lenda urbana do Japão: garrafas pet com água repelem gatos