O nome do blog "Vidasemvoltas" mudou para Japão Cultura e Turismo

Shuubun no Hi, Dia do Equinócio do Outono no Japão

Finalmente outono!
Depois daquele calor infernal aliado ao racionamento, desde ontem o ar está mais fresco.
Aqui as estações são bem definidas. Os japoneses costumam dizer que tanto o calor como o frio duram até o equinócio, e é verdade. Ontem já pudemos sentir a temperatura bem mais amena, mais para o frio pela manhã e à noite.
Sem falar nas flores lindas desta época e das maravilhosas e famosas folhas de outono.
As folhas daquelas árvores denominadas Momiji (em japonês) ou Ácer mudam de cor, tornam-se vermelhas.
Outras árvores de folhas coloridas enfeitam as ruas das cidades.
Além das ruas e praças ficarem com um lindo visual, alguns parques fazem horários especiais com linda iluminação, para que possam registrá-las através de fotos e filmagens.

As imagens abaixo, são do Parque denominado Tokugawa Koen que, em meados de outubro, faz horário especial noturno, aos visitantes, em 2 finais de semana. Localizado em Nagoya





Post do ano passado, que retorno, para uma breve explicação do feriado do Equinócio do Outono
Shuubun no Hi, feriado nacional no Japão do Dia do Equinócio do Outono.
O Equinócio se dá, quando o sol cruza a Linha do Equador, a partir do Norte para o hemisfério Sul.
Nesse dia, o Sol nasce exatamente no Leste e se põe exatamente no Oeste, e o dia e a noite tem o mesmo comprimento.
Dessa data em diante, os dias passam a ser mais curtos que as noites, no hemisfério Norte.
Pelo calendário gregoriano moderno, a data cai normalmente no dia 23 ou 24 de setembro.
No Japão é também o dia em que os antepassados são homenageados, seguindo as mesmas características do Equinócio da Primavera com ligações religiosas e culto aos ancestrais.
O nome Higan significa "outra margem" e deriva da noção budista de que existe um rio que marca a divisão do mundo mundano e do pós-vida. Este rio é carregada de ilusões, paixão, dor e tristeza. Somente quando se cruza o rio, nadando contra a corrente da tentação, para a outra margem, ganha-se a iluminação.
O Higan faz parte do Equinócio da Primavera e do Outono.
Durante toda a semana, seguindo tradição budista, oram pelos espíritos de seus ancestrais, nos três dias de cada lado do equinócio.

 No dia do equinócio, família e amigos visitam os túmulos de seus entes queridos. Eles deixam flores, incenso e ohagi (bolinhos de arroz-doce coberto com pasta de soja) - Acreditam que os "espíritos ancestrais preferem alimentos com formato redondo.

Em torno do Higan Outonal, os japoneses afirmam que a onda de calor enfraquece e ocorrem mudanças climáticas próprias de outono.


Festivais, chamados Matsuri, são realizados no arquipélago em comemoração à data.
Outra característica é que durante o outono, Higanbana, flor também conhecida como Lírio Aranha Vermelha, Red Spider Lily, Amaryllis Clister, é a que mais floresce.
Estão nas estradas e campos de arroz e são plantadas também com a finalidade de reduzir pragas.

Acompanhe as novidades sobre o Japão, curtindo a >>> fanpage.
Veja alguns eventos, inscrevendo-se no Canal >>> YouTube.

Comentários

Stefani Vaz disse…
Muito lindas as fotos!
Quem me dera visitar esses lugares... Os jardins japoneses são realmente fantásticos. Fico imaginando a energia maravilhosa que devem ter. Eu como sou toda "natureba" iria amar.

Postagens mais visitadas deste blog

Onde doar roupas usadas no Japão

Ameixeira, cerejeira, pessegueiro, quais são as diferenças entre essas flores?

Dino Adventure, o Parque de Dinossauros de Nagoya

Lenda japonesa: A Tecelã de Nuvens

Yakudoshi, as idades consideradas perigosas no Japão

A arte contada em arte, por Lucille Kanzawa

Shichifukujin, os 7 deuses da sorte do Japão

Lenda urbana do Japão: garrafas pet com água repelem gatos

Guarda-chuvas da amizade, o empréstimo gratuito de guarda-chuvas no Japão

Ilha de Takeshima, em Gamagori, Aichi