Última postagem

Takayama, a "Pequena Quioto de Hida"

Takayama, Gifu, localizada na região montanhosa de Hida, é chamada de Hida Takayama para diferenciar de cidades homônimas.
A cidade é uma fusão antiga de duas cidades e diversos distritos.
"Hida no Shōkyōto", Little Kyoto, ou seja, Pequena Quioto de Hida, é um adjetivo de Takayama, por se tratar de uma cidade histórica e preservar a paisagem original do Japão.
Takayama faz parte dos Alpes japoneses, região de elevada quantidade de neve, considerada uma das mais pesadas. Como neva na maioria dos dias de inverno, conta com muitas estações de esqui próximas, não faltam resort e onsen - estações de águas termais - na área.
A carpintaria é uma tradição local. Além de muita história e clima de cidade antiga, carrega a arte e cultura dos artesãos tradicionais.
As ruas ao lado do rio Miya e em frente ao Takayama Jinya, todas as manhãs até ao meio-dia, se enchem de barracas.
Existem duas áreas da feirinha, o Mercado Matinal, ao lado do rio e, outra, em frente ao Jinya, que teve início cerca de 200 anos atrás.
Barracas de artesanatos com objetos feitos pelos artesãos e de flores, verduras, legumes, frutas, produzidos por  agricultores locais, estão no Mercado Matinal.
O torii - portal xintoísta - acima é de ferro e foi construído em 2002. É parte do santuário Sakurayama Hachiman, com altura de 20,45m.
O portal abaixo, de cipreste, com 10m de altura, foi construído em 1973.
Sakurayama Hachiman Jinja
Palco de um dos três maiores festivais do Japão, na primavera e no outono, Sakurayama Hachiman Jinja recebe milhares de visitantes do Japão e do mundo.
Em diversas partes de Takayama, encontramos os locais onde ficam os carros alegóricos, na época do famoso Festival de Takayama. Cada carro alegórico é nomeado, com explicação no local.
Dentro da área do Santuário Sakurayama estão os museus Yatai Kaikan e Nikkoukan.
A entrada ao Yatai Kaikan custa 820円. 
O museu Takayama Matsuri Yatai Kaikan conta a história do Festival, com explicação dos carros alegóricos Yatai. Os carros alegóricos do festival são decorados por artesãos de Hida Takayama.
4 carros alegóricos são exibidos no Yatai Kaikan. No total são 11 carros, que são revezados nos meses de março, julho e novembro. Uma sacerdotisa do santuário acompanha para explicações em japonês. São fornecidos guias em áudio, em outros idiomas, especialmente em inglês.
Endereço: 506-0858 岐阜県高山市桜町178
Gifu- ken Takayama-shi Sakuramachi 178


Abaixo, Nikkoukan. Com o mesmo ingresso do Yatai Kaikan, pode-se visitar Nikkoukan.
Não havia dado conta do nome do salão se não tivesse conhecido o santuário >>> Tōshōgū, em Nikkō e reconhecido o "Nemurineko", "Símbolo da Paz" da cidade.
Neste salão estão réplicas de todas as áreas e salões de Tōshōgū. As réplicas são tão perfeitas, que até os 3 macacos esculpidos aparecem, podendo ser vistos através de um espelho.



As réplicas, construídas na era Taisho, foram feitas por 33 hábeis carpinteiros, em um período de 15 anos. Foram mostradas em diversas partes dos EUA e só 30 anos depois, no Japão. Ficou permanentemente no santuário Sakurayama, por vontade do proprietário.
Sanmachi, bairro histórico de Takayama, Furui Machi Nami, que deu origem à denominação "Pequena Quioto de Hida".
Esta é uma área de preservação reconhecida como Construção Histórica Importante, com antigas casas, fábricas de saquê e comerciantes. Vale a pena fazer um passeio por lá. 

Nakabashi, um dos locais mais visitados por render belas fotos da neve, destacando a cor vermelha da ponte.
À tarde, perto da ponte e do Jinya, barracas com muita comida típica, principalmente feita com carne bovina local.
Em Takayama, esses bonequinhos abaixo, estão em toda parte. Alguns contam a tradição também em inglês. Vale levar a lembrança típica de Hida Takayama: Sarubobo <<< clique para saber o significado.

Há uma vila de fontes termais chamada Okuhida, um conjunto de 5 onsen, por isso chamada Okuhida Onsengo, localizada abaixo dos Alpes, cercada de muita natureza.

Próximo está o Monte Norikura, um dos mais famosos, a 3026 metros acima do nível do mar. Norikura Skyline é uma via expressa que permite vistas fantásticas e só é possível chegar de ônibus ou taxi, pois veículos pessoais não são permitidos.

Hida no Sato é a aldeia onde estão localizadas as construções gassho-zukuri, em formato de mãos em oração, como em Shirakawa-go. Veja também as postagens que fiz sobre Shirakawa, quando visitei no outono sobre >>> Ogimachi e por ocasião da iluminação de inverno >>> Light Up.

Existem muitas outras atrações em Takayama e valem visitas em qualquer época do ano, especialmente na primavera, época do florescimento das cerejeiras e no outono, pela transformação das folhas, quando acontecem os festivais. No inverno é muito visitada pela intensa neve e estações de esqui. 

O Festival na primavera é realizado nos dias 14 e 15 de abril e, no outono, nos dias 9 e 10 de outubro.


Mais novidades sobre o Japão, curta a >>> fanpage.
Alguns eventos no Canal >>> YouTube.
Siga-nos também no >>> Twitter e no Instagram.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Onde doar roupas usadas no Japão

Ameixeira, cerejeira, pessegueiro, quais são as diferenças entre essas flores?

Dino Adventure, o Parque de Dinossauros de Nagoya

Yakudoshi, as idades consideradas perigosas no Japão

Lenda japonesa: A Tecelã de Nuvens

Shichifukujin, os 7 deuses da sorte do Japão

Ilha de Takeshima, em Gamagori, Aichi

Guarda-chuvas da amizade, o empréstimo gratuito de guarda-chuvas no Japão

Lenda urbana do Japão: garrafas pet com água repelem gatos

Festival de Tulipas de Nabana No Sato, Nagashima, Mie