Última postagem

Hachikō Monogatari, A História de Hachikō

Esta postagem é mais uma sugestão da amiga Ale, da fanpage.
Ela comentou que muitos ainda desconhecem a versão original, em japonês, do filme da história de Hachikō, sugerindo a postagem.

Hachikō Monogatari, ou História de Hachikō, é uma das mais belas histórias reais do Japão,  que se transformou em filmes, retratando a fidelidade do cão japonês da raça Akita, que se chamava Hachikō - nascido em 10 de novembro de 1923 - para com seu dono, o professor Ueno, do departamento de agricultura da Universidade de Tóquio - que faleceu em 21 de maio de 1935 -  até sua própria morte em 10 de novembro de 1923.

O filme original japonês foi lançado em 1987, estrelado por Tatsuya Nakadai, no papel do professor Ueno e Kaoru Yachigusa, como esposa do professor.
Sinopse: O filme, baseado em uma história real, conta a história do cão Akita, adotado pelo professor da Universidade de Tóquio, que recebeu o nome de Hachikō. O amor entre os dois era imenso, que Hachiko acompanhava o professor todos os dias pela manhã até a estação, indo buscar à tarde. Um dia, o professor sofreu um derrame, vindo a falecer. Hachikō continuou esperando o  professor Ueno todos os dias na estação, durante 10 anos, até sua morte.

A história é sempre lembrada com muita emoção. Hachikō foi homenageada com uma estátua na estação de Shibuya e até hoje é um famoso ponto de encontro.
Todos os anos, no dia 8 de março, Hachikō é homenageado na estação de Shibuya.
Para quem não conhece ou não ainda não assistiu, esta é a versão original do filme, em japonês:

(Atualização - Obs.: sempre novos filmes são enviados ao Youtube mas são deletados. Caso este vídeo também seja apagado, pesquise por Hachiko Mongatari, com duração aproximada de 1h28min.)

A linda história foi, em 2009, novamente contada através de "Hachikō: A Dog's Store", filme americano estrelado por Richard Gere, conhecido no Brasil como "Sempre ao seu lado", cuja história se popularizou no Ocidente.


Em 2015, no dia 8 de março, 80 anos após a morte de Hachikō, os alunos da Faculdade de Agricultura da Universidade de Tóquio homenagearam com uma outra estátua, promovendo o encontro de Hachikō e do Professor Ueno.

Hachikō é símbolo de ficelidade.

Comentários



Leh,

Gostei muito desta postagem.
Acredita que não assisti o filme porque sabia que ia chorar muito? Até hoje, revendo Marley, eu choro. Então, para não sofrer, não assisti a historia.

Bjs

Postagens mais visitadas deste blog

Onde doar roupas usadas no Japão

Dino Adventure, o Parque de Dinossauros de Nagoya

Ameixeira, cerejeira, pessegueiro, quais são as diferenças entre essas flores?

Yakudoshi, as idades consideradas perigosas no Japão

Lenda japonesa: A Tecelã de Nuvens

Shichifukujin, os 7 deuses da sorte do Japão

Ilha de Takeshima, em Gamagori, Aichi

Lenda urbana do Japão: garrafas pet com água repelem gatos

Guarda-chuvas da amizade, o empréstimo gratuito de guarda-chuvas no Japão

Festival de Tulipas de Nabana No Sato, Nagashima, Mie