Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2015

Takuhatsu, o treinamento de formação do zen budismo

Imagem
Quando vi pela primeira vez, aparentemente um monge, tocando um sino na estação de Shinjuku, Tokyo, havia ficado muito curiosa.
O que, quem seria e por quê?
Muito curiosa, tentei chegar perto e conversar, mas ele foi muito arredio, demonstrando não querer conversa. Não insisti, mas fiquei observando.
Depois, alguns rapazes, estrangeiros asiáticos, se aproximaram e conversaram com ele durante aproximadamente 5 minutos.
Curiosa como sempre, fui pesquisar. Não achei muita coisa naquela época, aliás, apenas algo que não me convenceu muito.
Acabei esquecendo do assunto, até que encontrei outro, um estrangeiro, em um desses parques de flores. Nem tentei conversar, mas quando ele olhava para o meu lado, tentava fotografar. 
Percebendo a minha tentativa, ele tentava ocultar o rosto. Mas não perdi a chance de filmar o fato inteiro. Como da outra vez, o monge tocava o sino quando algumas pessoas passavam, que colocavam dinheiro e ele novamente tocava o sino, como forma de agradecimento.
Semana passada…

Jardim de rosas do Festival de Flores em Tsuruma Kōen, Nagoya

Imagem
Já comentei sobre a história, atrações e edifícios do Tsuruma Kōen e sobre os festivais de flores nesta >>> postagem. Clique na imagem para ampliar. Na postagem de hoje, mostro o belíssimo jardim de rosas. São 1400 pés de rosas, em 120 variadas espécies e cores. O jardim existe desde 1955 e, o Festival de Rosas, que faz parte de festival contínuo de flores, durante a primavera, acontece todos os anos, no mês de maio a início de junho.












Impossível colocar todas as fotos das variedades de rosas, afinal são 120 espécies.

Koedo Kawagoe, Pequena Edo em Kawagoe, Saitama

Imagem
Para quem quer dar uma fugidinha da urbanidade de Tóquio e mergulhar em antigas tradições, a província de Saitama, ao lado, tem uma opção incrível: Koedo Kawagoe.
Nem o maior número e as melhores fotografias poderão mostrar o quanto este lugar retrata o antigo Japão, em uma verdadeira volta ao passado.
Casas, armazéns em estilos tradicionais, da era Edo, se alinham na avenida principal, ocupando amplo espaço de Kawagoe e ganha o nome de Koedo, ou Pequena Edo. Os telhados kurazukuri, embora com a mesma aparência, foram feitos de formas diferentes. 
Kurazukuri  é um estilo de construção de alto padrão de proteção contra incêndios, cujos telhados são feitos de gesso preto.
Kawagoe renasceu como cidade comercial, depois que ricos comerciantes construíram lojas no estilo kurazukuri, como medida preventiva, após o grande incêndio de 1893.
Existem dezenas dessas construções em estilo kurazukuri em Koedo Kawagoe.
O grande incêndio aconteceu no dia 17 de março de 1893, às 20h15min, sendo extinto some…