O nome do blog "Vidasemvoltas" mudou para Japão Cultura e Turismo

A couve no Japão

Pasmem! Nem todos os japoneses conhecem a couve, nem mesmo como verdura.
Quando tentei comprar sementes de couve que, em japonês, chama-se   ケ−ル em um home center, nenhum dos funcionários sabia o que era. Expliquei que era uma verdura de folhas largas, cujo nome era derivado do inglês Kale, mostrando uma foto da net e dizendo que era muito usado em sucos verdes, mas mesmo assim não reconheceram. Não tinha naquela loja, mas sei que existem sementes à venda no Japão.

Por incrível que pareça, embora a couve tenha sido trazida ao Japão na era Edo, juntamente com repolho, brocolis, e outras verduras, não é muito conhecida.
Couve de folha, couve manteiga, há quem chame de couve japonesa. A verdade é que existem diversas espécies da couve.
Crua, cortada em tiras fininhas consumida como salada, ou refogada - acompanhando feijoada ou não - são as formas mais utilizadas na culinária brasileira e em diversas partes do mundo, comum no cotidiano.
Localizá-las em uma prateleira de supermercado, com exceção à dos mercados de produtos brasileiros no Japão e em cidades onde residam muitos brasileiros, é raridade.
Alguns mercados, onde residam muitos brasileiros, hoje em dia, é possível encontrar couve, beterraba, chuchu e, onde moro, já encontrei até cana, um privilégio de Okinawa. Aliás, Okinawa, pelo clima favorável, é onde encontramos muitas frutas tropicais como as do Brasil.
Porém, couve em pó - como suplemento dietético - ou suco, encontramos em qualquer supermercado ou loja de conveniência, inclusive com o desenho da verdura ou descrita na composição como ケ−ル.
Nestas garrafas de suco verde, as folhas da couve aparecem destacadas.
Existem grandes plantações da couve, que não são destinadas para venda em supermercados, mas para fabricantes de suplementos dietéticos - pó ou sucos - que produzem uma verdura bastante propensa aos pulgões, sem agrotóxicos.

Os japoneses que plantam couve em suas pequenas hortas, o fazem para consumo próprio, batidas, como suco, desconhecendo o uso como prato extra - okazu - como eles dizem. Por isso também não encontrar à venda em mercados japoneses.
É uma variedade diferente da couve manteiga do Brasil. Suas folhas são maiores, mais grossas, o tom do verde é mais escuro e mais enrugadas.
Reconhecida como o melhor vegetal de sucos verdes, pelo alto poder nutricional, vitamínicos e de sais minerais (cálcio, ferro, potássio, fósforo), é consumida pelos japoneses, de forma líquida, como antioxidante, para prevenção de diversas doenças, bem como do envelhecimento.
Bem, e se você deseja tomar o suco de couve no Japão, basta procurar nas seções de sucos vegetais e poderá encontrar em pó ou líquido, em diversas marcas que encontrei como Fancl, Masuda, Aojiru e muitas outras.

Quer saber mais sobre o Japão?
Curta a >>> fanpage e inscreva-se no Canal >>> YouTube.

Comentários



Leh,

Que interessante.
Aqui no Brasil primeiro conhecemos como produto para servir na mesa acompanhando outros pratos, depois que aprendemos a usar como sucos (detox).

Bjs

Postagens mais visitadas deste blog

Onde doar roupas usadas no Japão

Ameixeira, cerejeira, pessegueiro, quais são as diferenças entre essas flores?

Dino Adventure, o Parque de Dinossauros de Nagoya

Yakudoshi, as idades consideradas perigosas no Japão

Lenda japonesa: A Tecelã de Nuvens

A arte contada em arte, por Lucille Kanzawa

Shichifukujin, os 7 deuses da sorte do Japão

Guarda-chuvas da amizade, o empréstimo gratuito de guarda-chuvas no Japão

Ilha de Takeshima, em Gamagori, Aichi

Lenda urbana do Japão: garrafas pet com água repelem gatos