Última postagem

Torii, os portais de santuários japoneses

Torii, com dois "i", literalmente, em japonês, significa lar ou casa dos pássaros. 
Escrito com os dois ideogramas, 鳥居. lê se torii. Separados o primeiro quer dizer ave e o segundo, casa, lar, morada, habitação. Existem diversas teorias sobre a origem, inclusive relacionado ao nome, como poleiro de pássaros.
Em nosso idioma é conhecido como portal xintoísta. Os torii não tem origem clara, porém está presente em todos os santuários e também em templos japoneses, construído sempre na entrada. Os portais também estão em pequenos edifícios, localizados em bairros, onde as pessoas vão acender velas, incenso e orar, fora de casa.
Embora os torii sejam de origem xintoísta, estão presentes também em templos budistas, como na imagem abaixo.
Também são atrativos, sendo construídos em lagos como este do Itsukushima Jinja, de Miyajima, Hiroshima.
Ou em avenidas, para marcar a existência de um santuário próximo, como este abaixo, do Toyokuni Jinja, em Nagoya, Aichi.
O objetivo é marcar a entrada para o local sagrado e muitos seguidores, ao passar pelo portal, fazem reverências.
Os portais podem ser de concreto, ferro e outros materiais. Geralmente, portais feitos de concreto, tem a cor natural, mas muitos, principalmente os de ferro, são pintados na cor vermelha.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Onde doar roupas usadas no Japão

Dino Adventure, o Parque de Dinossauros de Nagoya

Ameixeira, cerejeira, pessegueiro, quais são as diferenças entre essas flores?

Yakudoshi, as idades consideradas perigosas no Japão

Lenda japonesa: A Tecelã de Nuvens

Shichifukujin, os 7 deuses da sorte do Japão

Ilha de Takeshima, em Gamagori, Aichi

Lenda urbana do Japão: garrafas pet com água repelem gatos

Guarda-chuvas da amizade, o empréstimo gratuito de guarda-chuvas no Japão

Festival de Tulipas de Nabana No Sato, Nagashima, Mie