O nome do blog "Vidasemvoltas" mudou para Japão Cultura e Turismo

Ashiyu, o escalda-pés do Japão

Ashiyu, que se traduz como pedilúvio e que chamamos escalda-pés, são pequenas piscinas com água quente, onde as pessoas podem descansar os pés, muito comuns no Japão.
Sem muitas regras para o uso, basta arregaçar as calças e colocar os pés para descansar.
10 a 20 minutos de imersão bastam para relaxar.
Geralmente são gratuitos, raras vezes são cobradas pequenas taxas.
Este ashiyu tem espaço para deficientes, com apoio, e lugar para crianças
Bastante comuns em onsen (parques com águas termais), muitas vezes em sentô (casas de banho públicas) ou próximas, estão também em várias partes do arquipélago, em parques turísticos ou ruas próximas, principalmente na primavera.
Alguns aeroportos, estações rodoviárias  e ferroviárias tem o ashiyu.

A atividade é bastante recomendada, pois estimula o fluxo sanguíneo, proporcionando alívio no caso de má circulação e inchaço nas pernas e ajuda a descarregar as substâncias que se acumulam nos músculos que causam fadiga.
O escalda-pé é uma atividade milenar e tem sido usado em tratamentos relacionados a dores/rigidez musculares, artrite, paralisia motora, contusões, entorses e, ainda, para os portadores de doenças digestivas crônicas, hemorroidas, má circulação, convalescença, fadiga. No entanto, não é recomendado em alguns casos como febre, doenças agudas, tuberculose, tumor maligno, doenças cardíacas, insuficiência respiratória: por isso convém consultar o médico, caso tenha alguma enfermidade, para o uso.
E olhem a novidade: shinkansen, trem-bala, com ashiyu, a partir de 19 de julho, que vai operar aos sábados, domingos e feriados, na linha que liga a cidade de Fukushima à estação Shinjo, Yamagata, em uma campanha para movimentar o turismo interno. Um antigo modelo do trem-bala foi totalmente remodelado para esse fim. O trem de 6 vagões - um deles será utilizado para 2 escalda-pés - tem capacidade para 143 passageiros.

Mais novidades sobre o Japão, curta a >>> fanpage.
Alguns eventos no Canal >>> YouTube.
Siga-nos também no >>> Twitter e no >>> Instagram

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Onde doar roupas usadas no Japão

Ameixeira, cerejeira, pessegueiro, quais são as diferenças entre essas flores?

Dino Adventure, o Parque de Dinossauros de Nagoya

Lenda japonesa: A Tecelã de Nuvens

Yakudoshi, as idades consideradas perigosas no Japão

Lenda urbana do Japão: garrafas pet com água repelem gatos

A arte contada em arte, por Lucille Kanzawa

Shichifukujin, os 7 deuses da sorte do Japão

Guarda-chuvas da amizade, o empréstimo gratuito de guarda-chuvas no Japão

Ilha de Takeshima, em Gamagori, Aichi