Postagens

Mostrando postagens de Março, 2014

O nome do blog "Vidasemvoltas" mudou para Japão Cultura e Turismo

Kaitenzushi, rodízio de sushis pela esteira

Imagem
O assunto de hoje é bastante comum para os que moram no Japão, no entanto resolvi fazer esta postagem, por solicitação de amigos da fanpage.
Kaitenzushi é um sistema de rodízio de sushis em diversas redes específicas de restaurantes do Japão. Os pratinhos são transportados, através de uma esteira, passando ao lado das mesas ou do balcão.

Na esteira, são colocados pratos com todos os tipos de sushis, inclusive sobremesas como doces e sorvetes.
A esteira passa ao lado da mesa - ou balcão - do cliente, que escolhe livremente os sushis de sua preferência.
O preço normal, hoje em dia, é de ¥100 (¥105 com imposto, até este mês), porém existem com outros valores que são estabelecidos pela cor do prato e, às vezes, placa com preço. Na maioria, a tabela de preços está afixada, conforme imagem acima.
Caso o tipo de sushi já tenho passado ou exista algum de sua preferência, pode ser encomendado.
Os pedidos de pratos não disponíveis na esteira - dependendo do restaurante - podem ser feitos atrav…

Iwaki em Fukushima, quase 3 anos depois

Imagem
"We will stand strong again"
"Nós vamos ficar fortes novamente" foi a primeira frase marcante que li neste ano, exatamente no dia primeiro de janeiro, quando estive em Iwaki, Fukushima.
Aproveitando o feriadão de janeiro, quando estivemos em Tochigi, próximo a Tohoku, região nordeste do Japão, sempre que seguíamos para algum lugar, as placas nos convidavam a passar por alguma cidade da área afetada. Ir para uma cidade das áreas afetadas sempre foi um desejo meu. Dentre as várias placas que mostravam o destinos, havia sempre a que indicava para Sendai, na província de Miyagi, cujo nome ficou gravado em todo o mundo, onde ocorreu o tsunami e por ter sido uma das mais devastadas. Sempre quis levar solidariedade para aquele povo, mas não tive oportunidade.
Um amigo, que foi pra lá algumas vezes, disse que eles não necessitam nada material como no início quando muitas coisas faltavam. O que eles precisavam era de g-e-n-t-e, ou seja, apoio.
Estando perto, pensei que foss…