O nome do blog "Vidasemvoltas" mudou para Japão Cultura e Turismo

Ōsu Kannon Sagichō Hi Matsuri, a queima de decorações de Ano Novo

Sagichō, dondoyaki, tondo e muitas outras formas para expressar a queima das decorações de Ano novo é um evento comum em santuários e templos no início do ano, que marca o fim das comemorações do Ano Novo japonês.

Já postei AQUI que as decorações de Ano Novo - kadomatsu e shimekazari - são retiradas no dia 7 de janeiro e não são reaproveitadas. São guardadas temporariamente até o dia do dondoyaki.
Na minha região tem o nome de sagichō, embora eu conhecesse como dondoyaki.
A data oficial da queima é dia 15 de janeiro, coincidindo com o Seijin no hi, dia da Maioridade, mas nada tem a ver com a data. Como o Seijin no hi obedece ao sistema Happy Monday Day, é realizado sempre na segunda segunda-feira de janeiro, este ano dia 13.
Fui até ao Kitano Shinfukuji, da seita Shingon, templo popularmente conhecido como Osu Kannon, localizado em Osu, Nagoya, que realiza o tradicional sagichō todos os anos na segunda segunda-feira do mês de janeiro.
Cheguei cedo para garantir um bom lugar para a filmagem. Menos de meia dúzia de pessoas aguardavam nos melhores locais para obter boas imagens.
Lá fora, os carros dos bombeiros indicando a preocupação com a segurança.
No templo, multidão na fila para a adoração.
Já no dia anterior a base da fogueira estava pronta com parte das decorações e um daruma (Dharma) no topo, com tela protetora para filtrar a fuligem e por segurança.
Placas de madeira em que se escrevem desejos eram vendidas
Local de coleta das decorações cheio
O sino, a flauta e um Sutra iniciaram a cerimônia
Sal para purificar ao redor, o local da fogueira e os objetos deixados pelos fiéis


Uma missa e até que a tocha desça, os auxiliares recitavam o Sutra sem cessar, durante aproximadamente 20 minutos.
Às 14:30 foi acesa a chama. Inicialmente os monges jogaram as placas de madeira e, em seguida, os amuletos ao fogo, sempre entoando o Sutra.
Somente no final, os objetos deixados pelo público foram lançados ao fogo
No final, o público formou fila para agradecer e orar pela boa colheita, saúde e prosperidade.
Em alguns rituais, o público lança seu próprio mochi - bolinho feito de arroz - ao fogo.
Neste caso, distribuiram fukumochi, mochi já assados e embalados ao público. Alguns rituais e, no próprio Osu Kannon, em anos anteriores também foi distribuído saquê aos fiéis.
Dever cumprido dos bombeiros e a satisfação de que tudo transcorreu normalmente e o agradecimento.
E assim, através das cinzas e da fumaça, os espíritos fizeram o seu caminho de volta. encerrando-se as comemorações do ano novo japonês.

Veja agora com mais detalhes, através do vídeo:


Endereço do templo: 〒460-0011 愛知県 名古屋市中区大須2丁目21-47
Aichi-ken Nagoya-shi Naka-ku Ōsu 2-chōme 21-47
Fone: 052-231-6525
Mapa

Mais novidades sobre o Japão, curta a >>>; fanpage.
Veja alguns eventos, inscrevendo-se no Canal >>> YouTube.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Onde doar roupas usadas no Japão

Ameixeira, cerejeira, pessegueiro, quais são as diferenças entre essas flores?

Dino Adventure, o Parque de Dinossauros de Nagoya

Lenda japonesa: A Tecelã de Nuvens

Yakudoshi, as idades consideradas perigosas no Japão

Lenda urbana do Japão: garrafas pet com água repelem gatos

A arte contada em arte, por Lucille Kanzawa

Shichifukujin, os 7 deuses da sorte do Japão

Guarda-chuvas da amizade, o empréstimo gratuito de guarda-chuvas no Japão

Ilha de Takeshima, em Gamagori, Aichi