O nome do blog "Vidasemvoltas" mudou para Japão Cultura e Turismo

Myōgonji, Toyokawa Inari, Toyokawa, Aichi

Myōgonji, popularmente conhecido como Toyokawa Inari, localizado em Toyokawa, Aichi, é um templo muito procurado pelos turistas e por quem está desejando sorte, principalmente nos negócios.
No Japão existem 3 famosos santuários "Inari": Fushimi Inari Taisha, em Kyoto; Yutoku Inari, em Saga e Toyokawa Inari, em Toyokawa.

Inari é deus da colheita, considerado também deus do comércio e da boa sorte.
A raposa é a mensageira de Inari.
Por isso, Toyokawa Inari tem a figura da raposa em diversos pontos, desde a praça mais próxima até o templo. 
O espaço comercial, que direciona turistas ao templo, lembra um festival, com muitas lojas de souvenir e restaurantes.

Fachadas de todas as lojas são alusivas à raposa.

Réplicas de raposas são vendidas como lembranças do local.


Cones também tem figuras de raposas.

Na área gastronômica, o prato principal é o inarizushi (inari sushi), lembrando a mensageira de Inari.
Inari coloridos ou não, para todos os gostos.

Sushis inari

Olhe a presilha no cabelo da atendente ;)

Myogonji, o templo

Apesar de ter  toda uma fachada, detalhes e até o nome sugerindo santuário xintoísta, Toyokawa Inari exibe uma mistura de características de templo budista e xintoísmo.
Myogonji é um templo zen budista, da seita soto.
O templo tem uma longa história relacionados aos guerreiros Oda Nobunaga, Toyotomi Hideyoshi e Tokugawa Ieyasu.
Myogonji surgiu em 1441 e foi transferido para Toyokawa em 1689. Os edifícios datam de 1830, pois os originais foram destruídos em incêndio. 
O complexo é extremamente grande, ocupa um espaço de 1.272 ha, contendo 90 templos budistas e santuários. É preciso algumas horas disponíveis para conhecer.
O portão de entrada, Somon, é a mais antiga construção. Riqueza nos detalhes do portão principal de entrada.


Um portal - característica xintoísta - recepciona os visitantes, com duas raposas.
Um extenso caminho leva ao Toyokawa Inari Honden, salão principal do templo, todo em madeira, construção que foi concluída em 1930.
O Salão Principal e as duas raposas de guarda.
A lanterna é enorme e muito antiga
Requinte em toda a sua extensão, também pela entrada lateral
Na lateral, esta porta que foi esculpida em uma única madeira. Arte finíssima!
Através do caminho da entrada principal, diversos edifícios denominados como templos e santuários internos, um belo jardim, lindo lago com carpas.



 Temizuya - local de purificação simbólico



Abaixo, museu Jihokan, onde estão expostos pergaminhos, biombos, estátuas budistas, esculturas e até jogos de tabuleiro.
Em Fushimi Inari, Kyoto, são vistos muitos portais pintados de vermelho.
Em Toyokawa Inari, são as flâmulas que fazem o caminho para outros salões.
Milhares de flâmulas (Senbon nobori) fazem o caminho, para todos os lados. As flâmulas - adquiridas no próprio templo - tem pedidos de sorte e prosperidade nos negócios e/ou empresas, segurança, assuntos profissionais e escolares, convalescença de doenças.

Pagode de 3 andares
Os corredores superiores levam monges e funcionários de um edifício para outro.
Sob as árvores de cânfora, através do Kei Cloud Gate, segue-se para o antigo Salão principal, Okunoin. Antigamente era corredor de adoração, hoje é o portão de peregrinação para o Okunoin.
Edifício hexagonal
Okunoin, antigo Salão Principal, que foi reconstruído com proteção contra fogo.
Vários edifícios, o tradicional omikuji - papéis da sorte - ,bazar de venda de lembranças e amuletos, sala zen de meditação e capela mortuária




No edifício branco, o Daikoku Hall, duas estátuas de Daikokusama - um dos 7 deuses da sorte (shichifukujin) - onde todos passam a mão.
Daikoku é um dos sete deuses da sorte. 
Segundo a mitologia japonesa, é o deus da riqueza e dos fazendeiros, além de abençoar para uma boa colheita. Sempre em pé sobre fardos de arroz e um saco ao ombro, onde carrega tesouros: sabedoria e paciência.O martelo na mão direita, ao atingir, distribui sorte. A barriga significa que está alimentado e próspero.


Reiko-zuka

É o grande atrativo do local. Este caminho leva ao Reiko-zuka, local onde ficam centenas de estátuas das raposas.


As estátuas das raposas foram oferecidas pelos devotos ao longo dos anos, como pedidos de boa sorte ou agradecimentos.







Esta rocha é uma parte interessante do Kitsunezuka. Existem várias lendas envolvendo riqueza. Principalmente em tempos de festivais, a rocha fica lotada de pessoas penduradas. Todos à caça de uma moeda, nas cavidades. 
Dizem que se você encontrar uma moeda, guardá-la e obter bons frutos financeiros, deve voltar um ano depois, depositando-a de volta, como agradecimento. 
A outra teoria é a de colocar uma moeda e voltar um ano depois, caso encontre a mesma, terá sorte financeira.
Uma outra diz que se você devolver a moeda da sorte, ali retirada, e colocá-la de volta em algum buraco, o encanto volta.


Endereço: 〒442-0033 愛知県豊川市豊川町1
Aichi-ken Toyokawa-shi Toyokawa-cho 1
De trem, a 5 minutos da estação Toyokawa Inari, Meitetsu



Para saber mais sobre o Japão, curta a >>> fanpage e inscreva-se no Canal >>> YouTube.
Estamos também no Instagram e no Twitter.

Comentários

海子 Okasan disse…
Querida Leh,

foi um dos Templos de que mais gostei por causa do silêncio e da calma que aí reinavam nesse fim dum dia de Abril 2011 em companhia de amigos japoneses que aí moram...
Eu quero voltar lá, mas nada há de mais incerto...

Muito obrigada por me trazer hoje esta lembrança á superfície que me comoveu ...

Beijos ❤
Bom mais uma bela postagem de quem sabe e conhece os costumes locais, já tinha visto o vídeo e começado a ler o texto, hoje enfim, consegui terminar. Parabéns. Ah, você saberia que dizer porque um dos daikokusama está com a barriga murcha?

Postagens mais visitadas deste blog

Onde doar roupas usadas no Japão

Ameixeira, cerejeira, pessegueiro, quais são as diferenças entre essas flores?

Dino Adventure, o Parque de Dinossauros de Nagoya

Yakudoshi, as idades consideradas perigosas no Japão

Lenda japonesa: A Tecelã de Nuvens

A arte contada em arte, por Lucille Kanzawa

Shichifukujin, os 7 deuses da sorte do Japão

Guarda-chuvas da amizade, o empréstimo gratuito de guarda-chuvas no Japão

Ilha de Takeshima, em Gamagori, Aichi

Lenda urbana do Japão: garrafas pet com água repelem gatos