O nome do blog "Vidasemvoltas" mudou para Japão Cultura e Turismo

Outono no Japão: Eihou-ji, Tajimi, Gifu


A menos de uma hora de Nagoya está Tajimi, na província de Gifu.
Tajimi é uma cidade que fica na região Mino de Gifu, no meio das montanhas, muito conhecida como centro de produção de cerâmica de base.
É famosa também pelo intenso calor durante o verão. A cidade apresenta a maior temperatura da região.
A cidade abriga várias atrações, destacando-se o mosteiro católico "Shudo-in" da Sociedade do Verbo Divino, também famosa pela produção de vinhos e Eihou-ji, templo zen budista, que foi reaberto com um casamento aberto ao público.
No meio do vale, em Kokeizan, está o magnífico templo Eihou-ji.
O histórico templo Eihouji possui dois tesouros nacionais.
Fundado em 1313 pelo monge Muso Kokushi, por decreto do então Imperador Komyo, teve o importante papel de orar pela segurança e prosperidade da Nação e da Casa Imperial.
Nos séculos XIV e XV, o templo abrigava 30 edifícios, mas a maioria foi destruída, ficando intactos Kannondo e Kaisando, designados como tesouro nacional. Ambos mantém a arquitetura do período Kamakura.
Em 2003, um incêndio destruiu o Templo Eihouji, o Salão Central e alojamentos. Graças aos esforços dos moradores que fizeram uma campanha de angariação de fundos, foram reconstruídos.
Felizmente, os 2 tesouros foram salvos e também restaurados. 
Em sua cerimônia de abertura receberam os visitantes através de um casamento zen, aberto ao público. 
Imagens da cerimônia de casamento e do outono no templo, clique >>> AQUI.

Templo Kaisando
Templo Kannondo

Como todo templo turístico japonês existe uma grande área com jardins, rios, pontes e muitas árvores. A atração principal são as famosas folhas de outono.
Para chegar até o Templo, atravessa-se um enorme jardim numa descida íngreme e curvas.
Todos os edifícios ali existentes tem jardins, menores ou maiores.

Existem vários edifícios, alguns em quintais fechados lembrando condomínios. 





Este portão dá acesso ao Rokkakudo, no alto da cachoeira

A área é muito bem cuidada, com pequenos jardins, plantação de bambus.
Não falou o pequeno pomar.
Na base do vale fica o Templo.
Esta parte foi reconstruída após o incêndio. Abriga o Templo Eihouji, Salão Central e alojamentos.
Lagos, ponte, cachoeira e jardin zen tradicional. O jardim é considerado beleza cênica do país.
Esta é a famosa ponte, símbolo de Eihouji.

Através dela segue-se em direção ao templo original, construído há cerca de 700 anos.

O ambiente é calmo e sereno, transmitindo muita paz e serenidade.
Uma grande árvore Gingko é atração por ter sido plantada pelo fundador do templo.


Cachoeira e no alto, o Rokakkudo.

Bela paisagem de outono, na frente do Tesouro Nacional Kaisando.


Toda a área de Eihou-ji é assim, muito zen! Encantador no outono com muitas árvores para apreciação.


Às margens de Tokigawa (Rio Toki), que fica aos fundos, outro espetáculo.
A vista do rio entre as montanhas é linda.
Existem outras saídas que se pode fazer entre as árvores, proporcionando lindo panorama e vista do alto
Quem desejar, pode fazer uma trilha no Monte Kokeizan.
Veja a beleza outonal do templo, no vídeo:
O templo é ainda, uma academia de formação de sacerdotes zen da seita Rinzai Nanzen-ji, uma das mais rigorosas escolas de zen budismo no Japão.

Quem quiser visitar o Templo, pode fazê-lo em qualquer data, das 5:00 às 17:00 horas, o estacionamento e entrada são gratuitos.
Pode-se fazer também aulas de meditação, através de reservas por telefone, fax ou e-mail.

Endereço:  〒507-0014岐阜県多治見市虎渓山町1-40
Gifu-ken Tajimi-shi Kokeizan-chō 1-40
Tel: 0572-22-0351 (em japonês)
Mapa



Mais novidades sobre o Japão, curta a >>> fanpage.
Alguns eventos no Canal >>> YouTube.
Siga-nos também no Instagram e no Twitter.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Onde doar roupas usadas no Japão

Ameixeira, cerejeira, pessegueiro, quais são as diferenças entre essas flores?

Dino Adventure, o Parque de Dinossauros de Nagoya

Lenda japonesa: A Tecelã de Nuvens

Yakudoshi, as idades consideradas perigosas no Japão

A arte contada em arte, por Lucille Kanzawa

Shichifukujin, os 7 deuses da sorte do Japão

Lenda urbana do Japão: garrafas pet com água repelem gatos

Guarda-chuvas da amizade, o empréstimo gratuito de guarda-chuvas no Japão

Ilha de Takeshima, em Gamagori, Aichi