O nome do blog "Vidasemvoltas" mudou para Japão Cultura e Turismo

Tanabata Matsuri, o Festival das Estrelas

De um lindo conto de amor entre a princesa Orihime e o vaqueiro Hikoboshi nasceu o Tanabata Matsuri.
Festival Tanabata é baseado em uma lenda chinesa, incluindo elementos de um mito japonês, levado ao Japão durante o período feudal, tornando-se evento oficial da Corte Imperial. O evento tornou-se popular durante o período Edo.
O festival acontece sempre no dia 7 e julho e está associado às estrelas Vega e Altair.

Vega representa Orihime - uma dedicada princesa tecelã que vivia com seu pai, o Imperador Tentei, no lado oriental do rio da Via Láctea.
Altair representa Kengyu, também chamado Hikoboshi, um príncipe vaqueiro belo e corajoso que vivia no lado ocidental do rio.
Orihime e Hikoboshi se conheceram e se apaixonaram, agradando a todos, inclusive o Imperador. Depois que ficaram juntos, a vida de ambos girava apenas em torno do belo romance, passando a negligenciar seus trabalhos. O rei, como castigo, resolveu separá-los em lados opostos do rio. A separação trouxe muito sofrimento para Orihime e o rei, preocupado com tanta tristeza, permitiu que só se encontrassem uma noite, uma vez por ano, no sétimo dia do sétimo mês do calendário lunar. Nessa noite, um barqueiro (a lua) irá transportar Orihime para encontrar-se com seu amado Hikoboshi. Porém, se Orihime não der o melhor de si, o rei celestial pode fazer chover causando inundação do rio para que o barqueiro não possa transportá-la. Nesse caso, um bando de gralhas formarão uma ponte sobre a Via Láctea.

O festival Tanabata, também conhecido como Festival das Estrelas, celebra o reencontro desses amantes separados pela Via Láctea.
De acordo com a mitologia japonesa, o casal é representado por estrelas situadas em lados opostos da galáxia, que são vistas juntas apenas uma vez por ano.

Assista neste vídeo, a história completa do casal.
Não é preciso entender o vídeo, as imagens narram e emocionam


As principais ruas das cidades do arquipélago ficam coloridas com enormes decorações nos festivais Tanabata.
O festival é uma tradição que remonta há mais de 2.000 anos e são realizados em todo o Japão, alguns em julho, outros em agosto, devido ao calendário lunar. 
Os mais famosos - por apresentarem exposições bem elaboradas - são os de Hiratsuka, província de Kanagawa, realizado no mês de julho e o de Sendai, província de Miyagi, em agosto, patrocinados pelas lojas locais. Em Aichi, os mais famosos são os de Ichinomiya e Anjo. 


Tanabata Matsuri de Ichinomiya é realizado no útimo final de semana do mês de julho, a partir de quinta-feira até domingo. Ultimamente, desfile dos cosplayers que concorrem ao título mundial tem participado do evento. Esses festivais adotam um tema para cada ano. 
As decorações acima, encontradas em diversos locais como em shōtengai, principalmente em festivais  e são chamados "Fukinagashi", simbolizando os fios tecidos pela princesa Orihime.
É comum encontrar ramos de sasa decorados em bairros, quintais ou entradas de casas, com enfeites de papel.
É o dia em que as pessoas escrevem seus desejos em tanzaku, tiras de papel coloridas, pendurando-as nas árvores ou nos galhos de sasa, na esperança de que se tonem realidade.
Gostou?
Clique e curta a nossa >>> fanpage.
Inscreva-se também no >>> YouTube.

Comentários

Van disse…
Oi Leh

Achei linda esta lenda, cuja origem é o amor.

Beijos
Leninha disse…
Minha querida Leh,


Linda a lenda e lindas estas tradições japonesas.Obrigada pela partilha.Sempre fui fascinada por lendas e as que você nos conta são extremamente delicadas e ternas.

Bjsssss,
Leninha


Leh, estou passeando no tempo e vendo seus lindos posts.

bjs

Postagens mais visitadas deste blog

Onde doar roupas usadas no Japão

Ameixeira, cerejeira, pessegueiro, quais são as diferenças entre essas flores?

Dino Adventure, o Parque de Dinossauros de Nagoya

Lenda japonesa: A Tecelã de Nuvens

Yakudoshi, as idades consideradas perigosas no Japão

Lenda urbana do Japão: garrafas pet com água repelem gatos

A arte contada em arte, por Lucille Kanzawa

Shichifukujin, os 7 deuses da sorte do Japão

Guarda-chuvas da amizade, o empréstimo gratuito de guarda-chuvas no Japão

Ilha de Takeshima, em Gamagori, Aichi