Última postagem

Obon, significado e feriadão

Obon ou Bon é uma tradição budista de consagrar os antepassados.
A palavra Obon é derivada da palavra "Urabon" e encurtada para "Bon". Urabon significa "Festa das Lanternas".
O festival de Obon tem duração de 3 dias - embora atualmente cada região adote 4 dias ou mais - e era celebrado no dia 15 de julho, no antigo calendário lunar e 15 de agosto no atual calendário.
Segundo a crença, os espíritos dos ancestrais retornam ao mundo para visitar suas famílias.
Os japoneses rezam pelos espíritos dos antepassados em suas casas no butsudan (pequeno altar budista), acendendo incensos e colocando, geralmente, frutas, legumes ou doces. Visitam túmulos, molhando, limpando e levando flores e outras oferendas, como comida e bebidas.
Não existem regras quanto ao procedimento do Obon, na consagração de antepassados.
Não muito visto atualmente, algumas famílias ainda penduram lanternas na frente das casas para guiar os espíritos. 
Festivais de verão realizados nesta época são decorados com lanternas.
Alguns festivais realizados às margens de rios, lanternas com vela são lançadas em direção ao mar, o toronagashi, um ritual em que enviam os espíritos de seus ancestrais.

No entanto, assim como o Hina Matsuri, em que, antigamente, as bonecas eram lançadas em rios, por causa da poluição, atualmente são colocadas em casa, o toronagashi acontece raramente. 
Nesses casos, existe um trabalho muito grande para a limpeza, recolhendo as lanternas dos rios. Algumas prefeituras não permitem o toronagashi, pela poluição. Quando realizado, é preciso um trabalho de recolha das lanternas, embora algumas possam afundar.
O bon odori é a dança folclórica do obon. Atualmente, o bon odori perdeu o sentido religioso, fazendo parte dos festivais de verão.

A tradição varia em nome, datas e até nos nomes. Por se tratar do período de alto verão, muitos festivais são realizados em torno do Obon.

Obon não é feriado nacional, por isso as empresas públicas, prefeituras, bancos e outros órgãos usados por brasileiros no Japão como consulados e departamento de imigração, além de bancos, atendem normalmente. Essas empresas se utilizam unicamente do calendário oficial. 
Porém, é aconselhável obter informações antecipadas sobre o feriadão em cada empresa ou de algum prestador de serviço que pretenda utilizar, pois muitas empresas privadas, escolas e alguns hospitais que utilizam de calendário de trabalho próprio, concedem o feriado do Obon.

O feriado do Obon é chamado de "feriado nacional de forma amigável", えんまの祭日.
Como muitos desejam realizar o ritual tradicional do Obon, visitando casa de parentes e túmulos dos antepassados, além de período de férias escolares, as indústrias passaram gradativamente a conceder feriados e, hoje, é considerado um dos 3 maiores feriadões do Japão.
O feriadão é celebrado normalmente entre os dias 13 e 15 de agosto, mas cada empresa estabelece de acordo com o calendário de trabalho próprio.

No feriadão do Obon, estradas ficam congestionadas e os trens superlotados. Como é o pleno verão, as praias também ficam lotadas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Onde doar roupas usadas no Japão

Ameixeira, cerejeira, pessegueiro, quais são as diferenças entre essas flores?

Dino Adventure, o Parque de Dinossauros de Nagoya

Yakudoshi, as idades consideradas perigosas no Japão

Lenda japonesa: A Tecelã de Nuvens

Shichifukujin, os 7 deuses da sorte do Japão

Ilha de Takeshima, em Gamagori, Aichi

Guarda-chuvas da amizade, o empréstimo gratuito de guarda-chuvas no Japão

Lenda urbana do Japão: garrafas pet com água repelem gatos

Festival de Tulipas de Nabana No Sato, Nagashima, Mie