Última postagem

Hiroshima, Nagasaki, Fukushima

Relembrando, 66 anos atrás...

... 06 de agosto de 1945, 8:15 da manhã... Hiroshima

... 09 de agosto de 1945, 11:00 da manhã, Nagasaki

... bombardeados pelos EUA.

11 de março de 2011 - Fukushima, mais uma catástrofe atômica, provocada pela fusão dos reatores nucleares, após terremoto seguido de tsunami. Em 1950, os EUA insistiram para que o Japão construísse usinas de energia nuclear.




Hoje inúmeras pessoas visitaram o Hiroshima Peace Memorial Park, orando silenciosamente, com sentimentos de paz.



O evento marcado como homenagem às vítimas das bombas atômicas, foi também momento para lembrar o acidente em Fukushima, que quebrou a confiança do público na energia nuclear, exortando o governo a rever a política energética.








“A tragédia humana do desastre, que implicou mortes e doenças, como câncer e outras causadas pela radiação, bem como a grande discriminação sofrida pelos sobreviventes, mostra os problemas ocultos e de longo prazo da energia nuclear. Devemos recordar a lição deixada por Fukushima e falar dos perigos que enfrentamos mantendo essa fonte de energia”.
(Professor Michiji Konuma, físico japonês, diretor da Organização World Peace Appeal, com sede no Japão)




Letra da música Hiroshima, traduzida:

Voa um pássaro de metal
Sobre Hiroshima
Em forma de uma carga
Falar uma palavra mágica
Em Hiroshima
Deixe o céu explodir
E o mundo lembra seu nome
Lembra as chamas
Foi em Hiroshima

Há uma sombra de um homem
Em Hiroshima
Quando ele passou pela lua
Em uma terra maravilhosa
Em Hiroshima
Abaixo da lua de agosto
E o mundo lembra seu rosto
Lembra do lugar era aqui

Voa um pássaro de metal
Sobre Hiroshima
Em forma de uma carga
Falar uma palavra mágica
Em Hiroshima
Deixe o céu explodir
E o mundo lembra seu nome
Lembra as chamas
Foi em Hiroshima

E o mundo lembra seu nome
Lembra as chamas foi
Hiroshima, Hiroshima, Hiroshima ...

Comentários

Amanda Lemos disse…
Tudo muito interessante por aqui,
Gostei muito mesmo.
E te convido para conhecer meu espaço, caso queira dar uma olhada, seguir..;

http://www.bolgdoano.blogspot.com/

Muito Obrigada, desde já.
Celina Dutra disse…
Leh,

O homem poderia se lembrar dessas barbaridades ocorridas em guerra para aprender e jamais repeti-las. Mas parece que o homem não quer aprender e as guerras continuam matando. Sobre energia nuclear, o Japão e o mundo têm mais uma oportunidade para aprender que deve substituir esse tipo de energia. Rezemos e façamos nossa parte para que não tenha sido em vão tanto sofrimento.

Girassóis nos seus dias.
Beijos
KOISAKIMARKA disse…
OLHA LEH, agradecimentos já deixei nos outros blogs teus, aqui estou para parabenizá-la por todos teus blogs, é muito importante pra nós ter na blogosfera pessoas dedicadas como VOCÊ, para acrescentar conhecimento em nossas vidas!! *P*A*R*A*B*E*N*S*
Ps:Em especial esta publicação sobre o Japão é muito chocante e triste,eu tenho familiares aí, e sofri muito em ver tudo que ocorreu, peço a DEUS que ABENÇÕE todos VOCÊS e que proteja o JAPÃO, para que não sofra mais nenhuma catástrofe!!
Malu disse…
Coisas que somente os orientais tem desenvolvido capacidade para superar...



Olha passei para lhe indicar um link agregador que achei muito bom.
Estou falando do www.superlinks.blog.br.
Você vai poder divulgar suas páginas, pois os critérios deste site são sérios e vale a pena conhecer e suas páginas possuem excelentes postagens.
Um grande abraços..
Dú Pirollo disse…
Olá minha querida amiga Leh!!!
Tudo bem?
Minha amiga, sórdidas lembranças, mas necessárias para que a humanidade não se esqueça nunca deste grande mal.
Bomba deveria existir apenas de Amor e Paz, assim quando explodisse espalharia esses maravilhosos e sublimes sentimentos por todo o Universo.
Tenha um dia maravilhoso e abençoado!!!
Abraços com carinho e muita paz!!!
LISON COSTA disse…
Saudações!
Amiga LEH:
O seu texto é um verdadeiro documentário sobre a barbárie patrocinada pelo homem. Muito bem que alguns estadistas poderia ter a obrigatoriedade de assistir todos os dias aos vídeos que você postou.
O que você produziu é um documentário histórico.
Parabéns por mais um excelente Post!
Abraços,
LISON.
É Uma profunda Reflexão sobre os atos humanos em todos os tempos e em todas as circunstâncias com consequências irreparáveis em todos os sentidos em que sejam eles materiais, familiares, afetivos, humanos, sociais, econômicos e em especial pelo ensinamento em que não se pode ou não se deve fazer.
E também temos o exemplar de uma nação inteira que sobreviveu a tudo isso nos mostrando a sua grandiosidade de pessoas que são em relação a outros Povos do Planeta em como seria se passassem pelas mesmas situações será que saberiam reagir da mesma forma ou será que ainda existiriam até os dias de hoje dando belíssimos exemplos de civilidade a todos nós!!!!!!!!!!!!!!
Cecilia sfalsin disse…
Ei Ley,

São tragédias que não sairam da memória, pois ouve grandes consequências que marcaram a história e trouxe dores as pessoas que viveram.Mas infelizmente são países ainda sujeitos a tais acontecimentos.Uma reflexão a necessidade de querer Paz...

Abraços
Cecilia sfalsin disse…
Ei Ley,

São tragédias que não sairam da memória, pois ouve grandes consequências que marcaram a história e trouxe dores as pessoas que viveram.Mas infelizmente são países ainda sujeitos a tais acontecimentos.Uma reflexão a necessidade de querer Paz...

Abraços

Postagens mais visitadas deste blog

Onde doar roupas usadas no Japão

Ameixeira, cerejeira, pessegueiro, quais são as diferenças entre essas flores?

Dino Adventure, o Parque de Dinossauros de Nagoya

Yakudoshi, as idades consideradas perigosas no Japão

Lenda japonesa: A Tecelã de Nuvens

Shichifukujin, os 7 deuses da sorte do Japão

Ilha de Takeshima, em Gamagori, Aichi

Guarda-chuvas da amizade, o empréstimo gratuito de guarda-chuvas no Japão

Lenda urbana do Japão: garrafas pet com água repelem gatos

Festival de Tulipas de Nabana No Sato, Nagashima, Mie