O nome do blog "Vidasemvoltas" mudou para Japão Cultura e Turismo

Tradições do Ano Novo japonês

Simpatias, lentilhas, pulinhos nas ondas... são algumas das nossas crendices na virada do ano.
Para nós, ocidentais, o Natal é uma das maiores festas do ano; para os japoneses é a celebração do Ano Novo, sendo também o maior feriadão do arquipélago.
O Ano Novo japonês tem ricas tradições, desde os dias que antecedem a véspera, na virada e no primeiro dia do ano.
Nos dias que antecedem a véspera, os japoneses fazem limpeza, troca de presentes, e também antecipam todo o serviço de cozinha, os pratos prontos são guardados para as refeições do Ano Novo.

Osechi ryōri, (fonética oseti rioori, ri de carinho) culinária de Ano Novo, são pratos preparados especialmente para comemorar o novo ano. Semelhantes aos obentô - marmitas japonesas - são caixas especiais em 3 andares chamadas jūbako. Cada alimento, bem como a disposição deles tem significado especial de desejos diversos como alegria, saúde, fertilidade, boa colheita, longevidade, riqueza, sorte, representando também as fases da vida.

O "osōji", que significa limpeza, é uma faxina geral em casas, lojas e em ambientes de trabalho, que os japoneses fazem para purificar o ambiente, preparando-se para os próximos 12 meses. Castelos, templos, santuários realizam o ritual denominado susuharai, que quer dizer retirada da fuligem.
Ōmisoka ou véspera de Ano Novo, é o último dia do ano.
Retirados os enfeites natalinos que são apenas decorativos - sem cunho religioso, já que a maioria não é cristã -, os japoneses decoram casas, edifícios, lojas em comemoração ao Ano Novo, com guirlandas, e diversos arranjos significativos, alguns similares ao do nosso Natal.


Nesta época também, assim como enviamos cartões de Natal, os japoneses enviam o tradicional nengajo  - cartão de Ano Novo  - aos amigos e familiares.
É comum ver esses arranjos à frente de quase todas as casas, lojas e templos.
Esses arranjos são chamados Kadomatsu e tem significados sagrados. Segundo a crença, kadomatsu serve para acolher os espíritos ancestrais e o Deus da colheita, sendo então, alojamento temporário dos deuses.
Em cerimônias religiosas, a função fundamental é receber a divindade, que trará colheita abundante aos agricultores e bênção aos antepassados.
São feitos com bambu, ramos de pinheiro e folhas de ameixeira ou outras para representar prosperidade, longevidade e persistência. As formas são diversas em várias regiões, a maioria tem bambus são cortados na diagonal, porém sempre em alturas diferentes, assim como o ikebana, representando o céu, a terra e a humanidade.
Na falta de espaço, os vasos podem ser substituídos por galhos, que podem ter diferentes tamanhos.
Colocados em pares, representando o masculino e o feminino, kadomatsu permanecem até o dia 7 de janeiro e depois são queimados.

Shimekazari são os festões de corda - conjunto de shimenawa, usados em santuários e shide, papel branco - e diversos itens com significados de sorte e prosperidade, que servem para separar o interior, já purificado, do exterior.
A maioria desses festões são feitos de palha de arroz, significando o desejo de uma boa colheita.
Similar às nossas guirlandas, são colocadas em portas - geralmente acima -   é um amuleto contra maus espíritos.

Mochihana são bolinhos de arroz (mochi) nas cores branca e rosa, em galhos de salgueiro demonstrando o desejo de boa colheita.
Dizem que foi criado na região onde há muita neve. Como não havia flores frescas, usavam mochi para subsitituí-las.

Kagami mochi eram oferendas de adoração aos deuses, hoje são mais usados como objetos de decoração.
 Todos esses objetos de decoração são retirados e queimados em templos ou santuários, em eventos denominados sagichō, tondoyaki ou dondoyaki, nomes que variam dependendo da região. Geralmente a data para realização sagichō ou dondoyaki coincide com o Dia da Maioridade no Japão, o Seijin no hi.

Veja mais novidades sobre o Japão, curtindo a >>> fanpage.
Veja alguns eventos, inscrevendo-se no Canal >>> YouTube.

Comentários

Onde eu encontro esses enfeites japonês para o natal pra comprar?
Amei esses enfeites de natal japonês. Onde posso encomendar?

Postagens mais visitadas deste blog

Onde doar roupas usadas no Japão

Ameixeira, cerejeira, pessegueiro, quais são as diferenças entre essas flores?

Dino Adventure, o Parque de Dinossauros de Nagoya

Yakudoshi, as idades consideradas perigosas no Japão

Lenda japonesa: A Tecelã de Nuvens

A arte contada em arte, por Lucille Kanzawa

Shichifukujin, os 7 deuses da sorte do Japão

Guarda-chuvas da amizade, o empréstimo gratuito de guarda-chuvas no Japão

Ilha de Takeshima, em Gamagori, Aichi

Lenda urbana do Japão: garrafas pet com água repelem gatos