Última postagem

The Cove - Enseada

A natureza é fascinante. Quando falamos dela. o que nos vem à mente, são belas paisagens, montanhas, praias, águas límpidas, animais...

O que mais me fascina são as flores e por isso tenho muita sorte quando as planto. Jardinagem e paisagismo são meus hobbies preferidos, embora ultimamente não tenha espaço e nem tempo para a prática.

Dentre os animais, prefiro peixes e pássaros e sei o motivo da preferencia: são multicoloridos. Acho os peixes muito singelos e comparo-os às crianças. Os pássaros são charmosos, belas plumagens, cores que só a Mãe natureza pode proporcionar, além dos cantos variados de cada espécie.
Dos pássaros, prefiro o beija-flor, com cores tão variadas entre elas e um "design" digamos assim, maravilhoso.
Dos aquáticos, sempre amei os golfinhos. E não foi pelo seriado Flipper, que assisti desde criança. Foi pesquisando, muito pouco, mas para entender que além de bonitos e charmosos, são dóceis, inteligentes, quase humanos.

Animais devem ficar em seu habitat para exercer sua função e cabe a nós contemplá-las em meio à natureza, que foi a proposta do Criador.

Por tudo isso, uma recente reportagem do Fantástico me chocou muito. A matéria do vídeo está mostrando o que se faz por aqui, no Japão, um país que tem a ecologia como uma das principais atenções:



A reportagem mostra alguns detalhes do documentário que foi lançado nos Estados Unidos em julho. Em novembro será lançado no Brasil.



Encantador espetáculo desses golfinhos...

Comentários

Eu tb to fazendo um post sobre esse tema, ta em rascunho, para o Blog Action Day (no dia 15, os blogs farao posts sobre temas ecologicos)
http://www.blogactionday.org/

Que coisa triste, ainda mais em um pais que luta tanto por ecologia.
A industria pesqueira eh mto forte, eh uma máfia mesmo. O dinheiro fala mais alto.

Mto triste
Carlo disse…
Brutal este costume alimentar. Difícil de aceitar. Pena que a consciência ecológica dos japoneses não agreguem a preservação destes belos animais também...
[]'s
Laurinha disse…
Estou CHOCADA. Eu sempre soube que os japoneses são os maiores predadores das baleias. Das pescas que eles fazem a ponto de exterminar o que for na frente. Sobre os Golfinhos... mais uma espécie nas mãos sangrentas dos homens! Que bom o Brasil não apoiar mais apresentações desses incríveis animais!
Anônimo disse…
Esse negócio tem um viés claramente cultural. Por que não é chocante ver uma bandeja de carne de vaca no supermercado e é chocante saber que um povo diferente come golfinhos? Cultura diferente! Estamos acostumados a ver carne de vaca desde pequenos, só isso. Intolerância cultural é classificar como pecado tudo o que é diferente da sua cultura. Julgar a matança de golfinhos é hipocrisia quando a nossa cultura promove a matança de vacas. Ou as duas culturas estão certas ou as duas estão erradas. Não existe a possibilidade de uma cultura estar certa e a outra errada. Não existe a possibilidade de dizer que matar vacas é certo e matar golfinhos é errado.

E para terminar, a vida de uma vaca é tortura desde o nascimento.
Leh disse…
Caríssimo Anônimo,

obrigada pela visita e pelo comentário!

Comemos carnes de vaca, galinha, porco, carneiro, coelho. peixes, enfim uma variedade de animais, saboreamos todas, inclusive com receitas fantásticas. Não duvido que a carne de golfinho seja saborosa.
Os chineses comem carne de cachorro e não é folclore, ainda que digam que possam ser de determinadas classes sociais, é fato. Trabalho com 3 chineses e eles confirmaram, sem nenhum problema, que comem carne de cachorro. Até mesmo dentro do Brasil, nas regiões norte e nordeste, alguns estados tem cardápios diferentes de miúdos de animais, âs vezes chocantes para as outras regiões.
Concordo plenamente que é um fato cultural.
A sua comparação parte para outra questão.
Gado bovino, suíno, caprino e aves são criados para esta finalidade. São criados, comercializados, amplamente divulgados, com preços até fora do normal, às vezes.
Mas são criadas para abate.
Não são sumariamente subtraídos da natureza, como acontece com os golfinhos.
No Brasil, por exemplo, há proibições pelo Ibama, da caça ou pesca de muitas espécies.
Eu não quis julgar a matança de golfinhos pelo fato gastronômico. Talvez não tenha sido devidamente explícita , mas o que quero ressaltar é justamente o efeito que pode trazer ao meio ambiente, quando os mesmos são retirados do mar, principalmente com uma finalidade científica, gastronômica, enfim qualquer que seja, sem que a espécie seja reposta ou obedeça regras para a matança.

Enfim, em breve baleias e golfinhos estarão em extinção e pode trazer sérios problemas ao meio ambiente. Tudo é uma questão de consciência, cada um deve fazer a sua parte.

Postagens mais visitadas deste blog

Onde doar roupas usadas no Japão

Dino Adventure, o Parque de Dinossauros de Nagoya

Ameixeira, cerejeira, pessegueiro, quais são as diferenças entre essas flores?

Yakudoshi, as idades consideradas perigosas no Japão

Shichifukujin, os 7 deuses da sorte do Japão

Lenda japonesa: A Tecelã de Nuvens

Ilha de Takeshima, em Gamagori, Aichi

Lenda urbana do Japão: garrafas pet com água repelem gatos

Guarda-chuvas da amizade, o empréstimo gratuito de guarda-chuvas no Japão

Festival de Tulipas de Nabana No Sato, Nagashima, Mie