Última postagem

Situação dos brasileiros em consequência da crise



Tenho pouco tempo hoje, trabalhei até às 7 horas desta manhã e já retorno amanhã cedo, às 7. Estou com meu horário totalmente confuso. Por isso não vou falar muito, porque também faltam-me palavras.
Mas não posso deixar de registrar esta situação.
Será que essas pessoas não procuram ajuda, não são vistas por ninguém ou é descaso? Exatamente em Nagoya, onde há fluxo grande de brasileiros, por causa do Consulado, Banco do Brasil...

Assisti a reportagem completa pela IPC. Uma NPO japonesa está cuidando do assunto.
Ainda há muito o que se fazer, além do que já se tem feito.

Comentários

Carlo disse…
Nossa. Fiquei até deprimido depois de ver esta reportagem.
Parece que vai demorar a melhorar por aqui...
[]'s
Fernando Matsui disse…
As pessoas que ninguém ajuda (financeiramente), são pessoas que não tem um bom relacionamento social. Pode ser que essas duas pessoas estão nessa situação por esse motivo.
Leh disse…
É verdade, Fernando. Não havia pensado nesta hipótese. Achei que fosse vergonha, orgulho ou talvez até tivesse buscado ajuda e não conseguido. Tem muitos casos em que a pessoa procura ajuda e não consegue, ou não pede por falta de informação. Espero que, qualquer que seja o motivo, a crise porque passamos seja uma lição a todos. Obrigada pelo comentário. Abraços. Boa semana!

Postagens mais visitadas deste blog

Onde doar roupas usadas no Japão

Dino Adventure, o Parque de Dinossauros de Nagoya

Ameixeira, cerejeira, pessegueiro, quais são as diferenças entre essas flores?

Yakudoshi, as idades consideradas perigosas no Japão

Shichifukujin, os 7 deuses da sorte do Japão

Lenda japonesa: A Tecelã de Nuvens

Ilha de Takeshima, em Gamagori, Aichi

Lenda urbana do Japão: garrafas pet com água repelem gatos

Guarda-chuvas da amizade, o empréstimo gratuito de guarda-chuvas no Japão

Festival de Tulipas de Nabana No Sato, Nagashima, Mie